Bode na Sala
Destaque Especiais Filmes Netflix

Dica de Quinta | Cinco comédias que são um manual de sobrevivência do Ensino Médio na Netflix

Dica de Quinta | Cinco comédias que são um manual de sobrevivência do Ensino Médio na Netflix

Quem já se formou na escola sabe como não é fácil conviver diariamente na mini sociedade que é o colégio, com todas as suas castas: os populares, as patricinhas, os alunos novos, os esportistas, a turma do fundão e os excluídos… A hierarquia é um fator comum na maioria dos casos e você não consegue escapar de fazer parte de um determinado grupo em sala de aula, o que muitas vezes pode ocasionar episódios de bullying e situações inesperadas, dependendo de como é visto pelos olhos dos colegas. Então, hoje, ajudando a solucionar o problema de muitos jovens e comemorando o 3 de outubro (Dia Mundial do filme Meninas Malvadas), a Dica de Quinta traz cinco longas que dão lições sobre como se comportar nos seus últimos anos de escola.

Confira abaixo:


  • Meninas Malvadas (2004)

Começando pelo mais popular clássico do gênero, Meninas Malvadas acabou fazendo um sucesso enorme muitos anos após seu lançamento, com algumas falas do roteiro virando memes e comemorando o dia em que Aaron Samuels (Jonathan Bennett) perguntou a data para  Cady Heron (Lindsay Lohan). Por algum motivo, a personagem mais querida do filme para os fãs é a vilã Regina George, interpretada por Rachel McAdams, que discorre diversas frases de opiniões ácidas e pratica bullying abertamente dentro e fora do colégio. A personagem se tornou tão icônica, que até mesmo a cantora Ariana Grande se fantasiou dela em homenagem em seu videoclipe Thank You, Next, e estudantes passaram a aderir ao rosa nas quartas-feiras como sugestão de roupa dada pela antagonista. Vale lembrar também que hoje é 3 de outubro e justamente em uma quinta-feira, dia da semana em que Regina trai o namorado na sala de projeção em cima do auditório! Corra para avisar o Aaron na Netflix!


  • As Patricinhas de Beverly Hills (1995)

Antes de Meninas Malvadas surgir, pode-se dizer que As Patricinhas de Beverly Hills era a maior referência de comédia de filme de Ensino Médio que as meninas curtiam ver na Sessão da Tarde, sonhando em passar pelo fim dos estudos com tanto estilo quanto a protagonista Cher (Alicia Silverstone), afinal, quem nunca quis um software de combinação de looks como o da loira, não é mesmo? Até hoje esperamos que essa tecnologia se torne real! Enquanto isso não acontece, fica aqui uma curiosidade para passar o tempo: o longa é baseado em um livro da autora Jane Austen, chamado Emma, que conta a história de uma moça popular por unir casais entre seus conhecidos, assim como Cher tenta fazer com uma amiga e seus professores. Em Patricinhas de Beverly Hills as tribos de alunos são bem estereotipadas e dão o tom cômico do roteiro.


  • A Mentira (2010)

Ao contrário do modus operandi normal em que protagonistas buscam por aceitação nesse tipo de filme, em A Mentira, a personagem Olive (Emma Stone) acaba sendo alvo de comentários difamatórios no colégio e não apenas abraça seu novo status falso de garota devassa, como também resolve transformá-lo em uma forma de ganhar algum dinheiro, provendo o serviço de mentir que saiu com determinados colegas para que eles pudessem melhorar sua popularidade perante os amigos. O principal tópico do filme é sobre como uma simples fofoca consegue tomar grandes proporções no ambiente estudantil e prejudicar a vida acadêmica de alguém. Como plus, saiba que você vai querer ser adotado pelos pais da Olive, eles são incríveis!


  • Garota Mimada (2008)

Garota Mimada também percorre outro viés, primeiramente pelo filme se passar em um colégio interno só para garotas, o que coloca o estrogênio e o confinamento das meninas à prova o tempo todo! Em segundo lugar, porque acompanha a história de Poppy (Emma Roberts), uma menina rica que passou dos limites dentro de casa e foi obrigada pelo pai a entrar em um internato, no caso, a personagem começa no longa como uma espécie de anti-heroína, cujas ações e comportamento são bastante tóxicos contra suas colegas, mas passa a aprender com elas que seu egoísmo e narcisismo não a torna superior a ninguém, muito menos agradável, e resolve repensar seu jeito de ser.


  • As Excluídas (2017)

Para não manchar esta lista, Meninas Malvadas 2 ficou de fora porque, acredite, se trata apenas de uma fanfic baseada no original de 2004… no lugar dele temos então o filme As Excluídas, que conta com Victoria Justice bem diferente no papel de Jodi, uma menina nerd que acaba sendo alvo de um trote da galera popular em seu colégio, e junto com sua melhor amiga Mindy (Eden Sher), resolve se rebelar contra o sistema escolar e baixar a bola dos bullies que mexem com os “excluídos” na instituição, formando um grupo em que geeks, estudiosos, entusiastas de tecnologia e jovens pertencentes a subculturas resistem contra os abusos que costumavam passar nas mãos de valentões.


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Curta a nossa página no Facebook!

The following two tabs change content below.
Designer de moda e redatora gaúcha, vivendo em São Paulo. Interessada por arte e cultura pop em suas mais diversas áreas. Por ser uma romancista entusiasta, curte assistir adaptações literárias para o cinema, e pela ligação acadêmica com figurino, longas de época ocupam o topo da sua lista de filmes favoritos. Além disso, possui o super poder inútil (?) de guardar com facilidade nomes de artistas e apontar suas participações em produções.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close