Bode na Sala
Destaque Especiais Filmes Netflix

Dica de Quinta | Cinco filmes protagonizados por vilões na Netflix

Dica de Quinta | Cinco filmes protagonizados por vilões na Netflix

Na semana que vem, chegará aos cinemas o esperadíssimo Coringa, protagonizado por Joaquin Phoenix. Tão grande quanto a expectativa acerca do filme, existe uma enorme curiosidade no ar sobre como irão retratar o personagem, visto que ele é um dos vilões mais cruéis das histórias em quadrinhos. Para preparar o espírito para esta superestreia, a Dica de Quinta de hoje traz uma lista de cinco filmes, do catálogo da Netflix, cujos protagonistas são vilões.

Confira:


Hannibal (2001)

Hannibal Lecter (Anthony Hopkins), o canibal que todos nós amamos. Esta continuação de O Silêncio dos Inocentes, mesmo não sendo uma obra de arte como o seu antecessor, ainda assim é um bom filme. Desta vez, o Dr. Lecter está à solta, e ao tentar retomar contato com a agente Clarice Starling (Jodie Foster), se torna alvo da vingança de um misterioso milionário.


Psicopata Americano (2000)

Christian Bale em um de seus melhores papéis. Ele vive Patrick Bateman, um vaidoso e competitivo investidor de Wall Street, que esconde de seus amigos e colegas de trabalho um lado sombrio e violento. Quando se sente frustrado, mesmo que por motivos banais, como um colega com um cartão de visita mais bonito que o dele, ou sentir sua posição profissional ameaçada, Bateman se entrega às suas fantasias e desejos assassinos.


Fragmentado (2016)

James McAvoy interpreta um homem perigoso, diagnosticado com 23 personalidades distintas. Quando ele sequestra três jovens garotas, elas precisam lutar para sobreviver antes que uma perigosa 24ª personalidade se apresente. Escrito e dirigido por M. Night Shyamalan, este filme se mostra como a segunda parte de uma trilogia iniciada por Corpo Fechado e finalizada com Vidro.


O Grinch (2000)

Provavelmente, uma das histórias mais conhecidas sobre vilões, O Grinch, que é uma criação de Dr. Sauss, teve a sua versão live-action lançada em 2000. Na produção comandada por Ron Howard, Jim Carrey – com quilos de maquiagem – dá vida ao monstrengo antissocial que odeia a alegria. Quando a vila dos Quem começa a se preparar para as festas do final de ano, o Grinch tem uma ideia maléfica: roubar o Natal e acabar com a felicidade dos seus vizinhos. Com um humor peculiar, a produção é um deleite visual e já virou um dos clássicos para se assistir durante os festejos de fim de ano, principalmente por conta de sua mensagem fofa sobre perdão. Em 2018, uma versão em animação recontou a história do Grinch no cinema, mas não tem o mesmo charme que a produção protagonizada por Jim Carrey – e pelo cãozinho Max, que é maravilhoso.


Match Point (2005)


Escapando um pouco do perfil dos outros filmes da lista, em Match Point levamos algum tempo para perceber que o nosso protagonista não possui exatamente um caráter exemplar. Um ambicioso professor de tênis que, prestes a se casar com uma jovem rica, se apaixona por uma aspirante a atriz, e vê essa paixão colocar em risco seus planos de entrar para a alta sociedade. Na minha opinião, um dos melhores filmes de Woody Allen, que se diferencia bastante no estilo da maior parte dos trabalhos do diretor.


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Curta a nossa página no Facebook!

The following two tabs change content below.

André Bozzetti

André Bozzetti é professor. Formado em educação física e cinéfilo desde que se entende por gente, começou a estudar a sétima arte por conta própria e criou o projeto Clube das 5 de cinema escolar, do qual é coordenador atualmente, no município de Alvorada. Tem uma queda forte pelo cinema europeu mas não dispensa um bom blockbuster. Sente saudades dos filmes de Vincent Price nas sessões do Corujão.

Latest posts by André Bozzetti (see all)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close