Bode na Sala
Especiais Filmes Quadrinhos

Especial | 7 vezes que a Marvel trollou seus fãs

Especial | 7 vezes que a Marvel trollou seus fãs

– Esse post é uma ideia de Pedro Kobielski e Wendrick Ribeiro. Colaborou Dudu Correa.

[ATENÇÃO: ESSE TEXTO CONTÉM SPOILERS DE HOMEM ARANHA: LONGE DE CASA!]

Homem Aranha: Longe de Casa trouxe surpresa para muitos espectadores. As verdadeiras motivações de Mysterio e a natureza de Nick Fury foram revelações que surpreenderam as pessoas no cinema… Pelo menos, as que ainda não perceberam o modus operandi da Marvel. Essa não é a primeira vez que o MCU nos prega peças.

Desde que Tony Stark ignorou o script de James Rhodes e disse “Eu sou o Homem de Ferro”, lá em 2008, os filmes da Casa das Ideias souberem muito bem como brincar com nossas expectativas, conseguindo subvertê-las nos momentos certos. Quando todos achávamos que sabíamos o que estava acontecendo, Kevin Feige e cia apareciam para nos tirar o chão e nos levar para um direção totalmente oposta.

Exemplos não faltam, e esse é o tema do nosso especial de hoje!


1 – O Mandarim fake

O Mandarim sempre foi um dos principais vilões do Homem de Ferro nos quadrinhos. Após dois filmes do personagem que apostaram em vilões menos gabaritados, Homem de Ferro 3 foi a grande oportunidade de trazer o grande nêmesis de Tony Stark para as telas de cinema.

Os trailers, que apontavam uma abordagem mais sombria, mostravam o oscarizado Ben Kingsley interpretando uma versão bem fiel ao personagem criado em 1964 por Stan Lee e Don Heck (mesma dupla que criou o nosso querido herói enlatado).  As referências que foram plantadas sutilmente no primeiro filme também deram a entender que o Mandarim seria um grande ameaça – a Associação dos 10 Anéis era uma clara referência ao personagem, que nas HQ’s possui 10 anéis com poderes diferentes.

E quando o filme começa, realmente achamos que se trata disso. Adaptado de forma muito interessante, tendo sua origem mística substituída por uma atitude terrorista, o Mandarim trouxe sérios problemas para Tony Stark, quase matando Happy Hogan e destruindo a mansão do herói. Mas Shane Black trollou todos nós quando, ao final do segundo ato, mostrou que o Mandarim era uma farsa criada pelo verdadeiro vilão do filme, Aldrich Killian (Guy Pearce). Mandarim era apenas um ator frustrado e com claros indícios de problemas intelectuais, que interpretou um personagem que serviu apenas como cortina de fumaça para os planos de Killian.

Em 2014, um curta com o Mandarim de Ben Kingsley foi lançado nos extras da versão Home Video de Thor: O Mundo Sombrio, apresentando uma abordagem bem mais assustadora do personagem (que contou inclusive com a participação de Matt Gerald, que interpretaria Melvin Potter na série do Demolidor, no ano seguinte). Mas não foi o suficiente para recuperar a glória do Mandarim original. Essa foi a primeira trollada da Marvel da nossa lista, e talvez a que os fãs mais lembram!


2 – Loki, Rei de Asgard

Thor: O Mundo Sombrio não é um dos filmes mais queridos do MCU. Mas é um dos filmes que mais aprofundou a complexa relação entre os irmãos Thor e Loki (Tom Hiddleston). Com a morte de Frigga, percebemos o cínico Loki é tão humano quanto seu irmão, sofrendo pela morte da mãe e se dispondo a ajudar o herói para vingá-la. Em uma missão para impedir que o Éter fique nas mãos de Malekith, Loki acaba sendo apunhalado pelo vilão brutamontes Algrim.

Parecia ser um belo sacrifício para o personagem, após toda a destruição que promoveu no primeiro Vingadores. Mas quando Thor renuncia ao trono de Asgard para viver na terra, percebemos que Loki, de alguma forma, sobreviveu aos eventos de Malekith e tomou o trono de Odin para si, realizando, pelo menos momentaneamente, ao seu desejo de poder. Essa não é a única trollada de Loki, que a longo de toda a sua passagem do MCU enganou a todos várias vezes. Esse é o verdadeiro Deus da Trapaça!


3 – Nick Fury está morto

Os irmãos Russo chegaram ao universo Marvel em 2014, realizando aquele que é um dos melhores filmes do MCU até agora: O Soldado Invernal. A trama de espionagem e ação desenfreada agradou muito a crítica e o público, o que permitiu que Anthony e Joe assumissem a direção não apenas de Guerra Civil, continuação de Soldado Invernal, mas também a franquia principal da Marvel: Vingadores.

Nick Fury está acuado neste filme. Ao perceber que uma ameaça está surgindo de dentro da S.H.I.E.L.D., lança mão da única pessoa em que confia 100%: Steve Rogers. Enquanto explica ao Capitão o que está acontecendo, acaba sendo baleado pelo inconsciente Bucky Barnes. Ele acaba “morrendo” na mesa de cirurgia, o que motiva os heróis a realizar a última cartada contra a Hydra.

Mas o personagem interpretado por Samuel L. Jackson é ardiloso. Acabamos descobrindo que ele forjou a própria morte para poder surpreender Alexander Pierce (Robert Redford), numa das melhores falas que já disse até aqui: “você deve deixar seu dois olhos bem abertos”. Que personagem, meus amigos!


4- Vingadores, a…

Nas histórias em quadrinhos, o Capitão América é o responsável pelo clássico grito de guerra dos Vingadores. O primeiro filme não entregou aos fãs aquilo que todos esperavam, o que aumentou as expectativas para o segundo: Era de Ultron. Ao final do filme, quando o Capitão assume com a Viúva Negra a tarefa de treinar os novos membros da equipe, Joss Whedon fez aquela que muitos consideram a maior trollada que a Marvel já fez. Quando o Capitão abre a boca para falar a primeira letra de “assemble“, o filme simplesmente ACABA. Joss, seu safado!

Os fãs ainda teriam que esperar mais quatro anos para ver Steve Rogers falar a famosa frase. Mas tudo bem, pois ela aconteceu no momento mais épico da história do cinema de super heróis!


5 – Hulk em Wakanda

Uma das técnicas utilizadas pela Marvel para criar uma expectativa nos fãs é a de usar os trailers para mostrar uma coisa, e no filme mostrar outra bem diferente. O maior exemplo é o que vimos em Guerra Infinita. No primeiro trailer, observamos um frame em que que vários heróis correm em Wakanda. Nessa cena, lá está o Hulk de Mark Ruffalo, triunfante entre todos seus companheiros.

O problema é que esse frame simplesmente não existe, e, como sabemos, o Hulk sequer aparece em Wakanda ao longo de todo o filme, já que o monstrengo ficou deprimido depois de ser derrotado por Thanos.

Ô, dona Marvel!


6 – O olho de Nick Fury

Durante anos, fãs especularam  qual seria a origem do tapa olho que Nick Fury usa. Em Soldado Invernal, foi dada uma pista: “da última vez que eu acreditei em alguém, perdi um olho”.  Quando foi anunciado que Capitã Marvel se passaria nos anos 1990 e teria a participação de um Nick Fury com dois olhos, todos percebemos que seria nesse filme que aprenderíamos a origem de seu acidente. Todos, então, ficaram ansiosos pela resolução que a Marvel daria ao caso…

…sem motivo algum. A Marvel simplesmente resolveu fazer uma piada, mostrando que Nick Fury perdeu seu olho brincando com Goose, o gato alienígena com super poderes. Apesar de muitos não terem gostado, a decisão de roteiro mostra que Nick Fury é um personagem que também possui fragilidades. Afinal, nem tudo precisa ter uma grande história por trás!


7 – Os Skrulls não são vilões

Os Skrulls são uma das raças alienígenas mais perigosas do universo cósmico da Marvel. Com suas habilidades de transmutação, os verdinhos já causaram muitos problemas nos quadrinhos, culminando na saga Invasão Secreta, em que quase tomaram a Terra. Quando sua presença em Capitã Marvel foi anunciada, presumiu-se que eles seriam os verdadeiros antagonistas da produção.

Ledo engano. Carol Danvers, que passou a vida toda tratando os Skrulls como alvos a serem eliminados, percebeu que eles eram apenas uma raça sem pátria e em busca de um lugar para morar, sendo vítima do preconceito dos autoritários Kree (algo que já devíamos ter aprendido, não é, Ronan?). Essa é uma das melhores coisas desse filme, traçando um belíssimo paralelo com nosso mundo atual – em que milhões de pessoas, estereotipadas como terroristas sem humanidade, têm a si negado o direito mais básico do ser humano, o da moradia.

Com essa revelação, várias teorias sobre os Skrulls caíram por terra. Bom, nem todas…


Bônus: Era de Ultron inteiro

Era de Ultron foi, particularmente, um dos filmes com mais trolladas que a Marvel já fez. Além do item 4 da nossa lista, há uma piada que o Thor faz que é um clara referência a Homem de Ferro 3. Já nos finalmentes do filme, o asgardiano bate no peito de Tony Stark e diz “algumas coisas não se explicam”. Em Homem de Ferro 3, Tony Stark retira o reator ark, mas aparece com ele novamente na sequência de Vingadores.

O personagem interpretado por Chris Hemsworth ainda proporciona outra piada, mas que só aconteceria mais tarde. No final do filme, Thor viaja para compreender as jóias do infinito. Em Thor: Ragnarok, o personagem diz: “viajei pelo universo para entender as jóias… e não entendi nada”. A Marvel realmente não se leva tão a sério assim!


Esse foi o nosso especial desse sábado. Todo sábado, apresentamos um diferente! Para não perder nenhum, curta nossa página no Facebook.

The following two tabs change content below.
Jornalista em formação, ex-membro do finado e saudoso Terra Zero e leitor de histórias em quadrinhos. Fã de ficção científica e terror, divide seu tempo livre entre o cuidado com suas dezenas de gatos e a paixão pela cultura pop. Sonha com o dia em que perceberão que arte é sim, uma forma de discutir política.

Latest posts by Pedro Kobielski (see all)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close