Bode na Sala
Artigos Games

Switch Lite é uma aposta arriscada

Switch Lite é uma aposta arriscada

Ainda que essa semana tenha guardado poucas surpresas em relação ao mundo dos games, a Nintendo resolveu “inovar” e oficializar a versão lite do Nintendo Swtich.

Apesar de sugerir justamente o que o nome diz, a versão mais em conta do game nada mais é que o mesmo videogame, sem os principais diferencias. A pergunta então é: qual o real objetivo do console?

Muitos dos games lançados para o console da Nintendo são multiplataforma, ou versões repaginadas/adaptadas de games que foram sucessos no PS4 e no Xbox One. Além disso, as principais propriedades intelectuais da Nintendo são games já conhecidos, com casos pontuais de muito sucesso de público e crítica. Qual seria a experiência de jogar um Super Smash Bros. Ultimate em um console que é uma versão muito mais simples que o original?

A ideia de apostar em propriedades intelectuais próprias para sustentar o lançamento do Switch Lite é tão arriscada quanto as ideias do Xbox One X e o PS4 Pro. Nos casos dos consoles já lançados, a ideia era evoluir, e mesmo as versões mais simples, ainda tinham diferenciais que justificavam o lançamento. O console da Nintendo, por sua vez, vai entrar no mercado já defasado e provavelmente vai contar com certa preocupação dos fãs, já que as mudanças sofridas pela empresa em 2018 mudaram radicalmente os rumos planejados para 2019.

Seria o Lite mais uma daquelas apostas que só a Nintendo conseguiria fazer, ou simplesmente é um flop anunciado, mas que ninguém quer admitir – muito menos quem trabalha própria empresa?


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Curta a nossa página no Facebook!

The following two tabs change content below.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close