Bode na Sala
Destaque Filmes Notícias

Como uma disputa de poder tornou MIB: Homens de Preto – Internacional um dos maiores fiascos do ano

Como uma disputa de poder tornou MIB: Homens de Preto – Internacional um dos maiores fiascos do ano

MIB: Homens de Preto – Internacional não agradou à crítica especializada e, muito menos, ao público — tanto que se tornou a pior abertura da franquia, somando apenas US$ 28 milhões em seus três primeiros dias de exibição. Agora, de acordo com um relatório divulgado pelo The Hollywood Reporter, o longa sofreu com diversos problemas durante a sua produção.

Segundo a publicação, a versão original do filme, escrita por Art Marcum e Matt Holloway, era realmente boa — e foi isso que atraiu Chris Hemsworth e Tessa Thompson para o projeto. Nesse script, não teria um tom tão forte de comédia e o principal elemento da trama seria justamente a imigração, debate que vem ganhando cada vez mais espaço desde que Donald Trump assumiu a presidência dos Estados Unidos. O longa também contaria com vilões que fariam parte de uma banda inspirada nos Beatles e, no confronto final, esses alienígenas iriam se fundir, criando uma criatura muito poderosa.

No entanto, os problemas começaram quando Walter Parkes, produtor da franquia e homem de confiança de Steven Spielberg, ganhou mais poder no estúdio após a saída do executivo David Beaubaire. O site cita que Parkes fez diversas alterações no roteiro, tanto na pré-produção quanto ao longo das filmagens. A dupla de protagonistas, Hemsworth e Thompson, recebiam novas páginas diariamente, algo que incomodou o diretor F. Gary Gray.

Assim, uma batalha por poder estava tomou conta da produção. Gray tentou abandonar a produção em mais de uma oportunidade, mas foi convencido pelo estúdio a permanecer, mesmo que a versão final do filme tenha sido feita por Parkes, que acabou assumindo a cadeira de direção.

“Parkes desempenhou os dois papéis nessa produção, de incendiário e de bombeiro”, declarou uma fonte consultada pelo THR. Então, no meio de toda essa confusão, Hemsworth e Thompson decidiram contratar seus próprios ‘roteiristas de diálogos’,  mas nem isso foi suficiente.

A fonte, porém, diz que mesmo esse resultado decepcionante não será suficiente para “matar a franquia”. Apesar disso, é de se esperar mais um período sem destaque aos Homens de Preto. “Alienígenas andando entre nós continua sendo uma grande ideia, com elementos interessantes. MIB será revisitado novamente em algum momento, seja como filme ou série de TV”, destacou.

Com direção de F. Gary GrayMIB: Homens de Preto – Internacional está em cartaz nos cinemas nacionais. Confira a nossa crítica aqui!


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Curta a nossa página no Facebook!

The following two tabs change content below.
Jornalista e radialista, é um dos fundadores do Bode na Sala. Tem 26 anos, se orgulha de ter nascido em São Borja, no interior do Rio Grande do Sul, e, atualmente, mora em Porto Alegre. Trabalhou em todas as áreas que se pode imaginar, mas acabou caindo no submundo geek. É fã do Jim Carrey, acha que o Ben Affleck é o melhor Batman do cinema, não suporta pseudo-cultismo e pretende dominar o mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close