Bode na Sala
Destaque Filmes Notícias Quadrinhos

X-Men: Fênix Negra | Filme pode dar prejuízo de até US$ 120 milhões

X-Men: Fênix Negra | Filme pode dar prejuízo de até US$ 120 milhões

De acordo com um relatório do Deadline, X-Men: Fênix Negra pode dar um prejuízo de até US$ 120 milhões aos cofres da Fox. A estimativa se vale de informações como o custo total de produção, a arrecadação de abertura e as estimativas de bilheteria. A extensa matéria, assinada por Anthony D’Alessandro, relata problemas de planejamento e produção que podem ter sido decisivos para o mau desempenho do encerramento da franquia mutante.

O filme contou com uma abertura mundial de US$ 140 milhões, a pior da franquia até agora. X-Men Apocalipse, que ocupava esse posto, tinha lucrado US$ 166,6 milhões em seu primeiro final de semana. De acordo com o site, a previsão de arrecadação total é de cerca de US$ 300 milhões, enquanto que o custo total de produção (incluindo as refilmagens e a publicidade) superou os US$ 350 milhões. Os gastos com marketing completariam esta conta, que pode ficar entre US$ 100 e 120 milhões no vermelho.

O site ainda relata problemas na produção do filme — especialmente na pós-produção. As refilmagens não foram um grande problema, e ficaram dentro do normal para uma produção deste porte. Mas a edição teria sido traumática. O motivo seria a insegurança da Fox, que, após o mau resultado de Apocalipse tanto na crítica quanto nas bilheterias pesou a mão no controle editorial. O filme, originalmente, estava programado para ser dividido em duas partes. Durante a pré-produção, esse planejamento foi alterado, com a aceitação de Simon Kinberg (principal roteirista e diretor do projeto). Divergências a respeito do destino de Jean Grey (Sophie Turner) e a escala do terceiro ato motivaram as mudanças de rumo.

Alguns problemas de marketing também foram relatados. O primeiro é sobre as mudanças de data de lançamento. Fênix Negra nunca foi elaborado como um filme de verão – o peso dramático da produção indicaria que a melhor data para lançá-lo seria na primeira data anunciada – 14 de fevereiro. No período em que foi lançado, Fênix Negra ficou esmagado entre Vingadores: Ultimato, Godzilla: Rei dos Monstros e MIB: Homens de Preto Internacional. O segundo foi o erro no trailer. O trailer foi lançado dois dias após a mudança na data de lançamento, e saiu, erroneamente, anunciando a estreia para 14 de fevereiro.

Portanto, em resumo, estima-se que o mau resultado de Fênix Negra nas bilheterias se deve tanto a uma produção oscilante, com dificuldades de definir seu rumo, quanto a um marketing que não estava falando a mesma língua que o restante da produção. Os problemas de planejamento foram decisivos.

X-Men: Fênix Negra está em cartaz nos cinemas nacionais. Leia a nossa crítica!


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Curta a nossa página no Facebook!

The following two tabs change content below.
Jornalista em formação, ex-membro do finado e saudoso Terra Zero e leitor de histórias em quadrinhos. Fã de ficção científica e terror, divide seu tempo livre entre o cuidado com suas dezenas de gatos e a paixão pela cultura pop. Sonha com o dia em que perceberão que arte é sim, uma forma de discutir política.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close