Bode na Sala
Destaque Filmes Notícias

Festival de Cannes | Bacurau vence o Prêmio do Júri

Festival de Cannes | Bacurau vence o Prêmio do Júri

Grande final de semana para o cinema brasileiro! O sábado no Festival de Cannes 2019 foi um dia de glória para Bacurau. O novo longa de Kleber Mendonça Filho (Aquarius), dirigido em conjunto com Juliano Dornelles, que trabalhou em outros filmes do cineasta como designer de produção, venceu o Prêmio do Júri, que neste ano foi presidido por Alejandro González Iñárritu.

Bacurau não foi o único a vencer o prêmio. O filme de Mendonça Filho empatou com o francês Les Misérables, do diretor estreante Ladj Ly. Não é raro um mesmo prêmio ir para mais de um filme em Cannes.

Vale citar que o Prêmio do Júri é o 3º mais importante do evento. O Grand Prix, equivalente ao “2º lugar”, foi vencido por Atlantique, de Mati Diop, que se tornou o primeiro filme dirigido por uma mulher negra a ser premiado no festival. A Palma de Ouro, o mais cobiçado, foi vencido por Parasite, de Bong Joon-ho (Okja), e se tornou o primeiro filme coreano a vencer o prêmio.

O longa brasileiro é mistura de drama, ação, faroeste (que alguns veículos chamam carinhosamente de nordestern), ficção científica e terror gore, passando-se no sertão, um dos ambientes mais míticos do Brasil e, mostra os acontecimentos em uma pequena cidade do sertão após a morte de uma das moradoras mais antigas. Após o fim de sua exibição, a produção foi aplaudida por 10 minutos.

O elenco é formado por Sonia BragaBárbara ColenUdo KierKarine TelesJonny Mars, entre outros. Bacurau marca a volta de Mendonça Filho a Cannes três anos depois de Aquarius, que ficou marcado como um dos melhores apresentados naquele festival mas também por um protesto pacífico organizado pela equipe do filme para denunciar à mídia internacional o impeachmente de Dilma Roussef. Leia a crítica.

Na sexta-feira, outro filme brasileiro foi premiado. Trata-se de A Vida Invisível de Eurídice Gusmão, que venceu o principal prêmio da mostra Un Certain Regard. O novo filme do veterano Karim Aïnouz, conhecido por obras como Madame Satã e O Céu de Suely, é uma homenagem do cineasta às mulheres mais importantes de sua vida: sua mãe e sua avó. Eurídice Gusmão já foi exibido e o público presente foi às lágrimas. O filme tem no elenco Carol DuarteJulia StocklerFernanda MontenegroGregorio Duvivier, entre outros.


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Curta a nossa página no Facebook!

The following two tabs change content below.

João Vitor Hudson

João Vitor Hudson é um publicitário aos 22 anos. Ama cinema desde quando desejava as férias escolares só pra assistir todos os filmes do Cinema em Casa e da Sessão da Tarde. Ama o MCU, e confia bastante no futuro da DC nos cinemas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close