Bode na Sala
Artigos Games

“Mercado de consoles é de nicho”, afirma presidente da Sony

“Mercado de consoles é de nicho”, afirma presidente da Sony

Olha, não é a primeira vez que Kenichiro Yoshida dá uma declaração questionando o próprio mercado de atuação da Sony. Contudo, é a primeira vez na qual ele admite que a própria Sony não pretende investir tanto assim no mercado de consoles de mesa.

Apesar da parceria com a Microsoft, que foi anunciada na semana passada, a verdade é que nenhuma das duas empresas sabem como dar o próximo passo em relação a atual geração. O PS5 vai se focar em streaming, e o sucessor do One também. Isso em termos práticos não é necessariamente uma evolução, mas sim uma tendência natural do mercado de tecnologia.

Afirmar que o mercado de consoles é de nicho, de certa forma tira a obrigação do departamento de games da Sony conseguir atingir os objetivos traçados. Fica claro que a empresa não pretende mostrar um PS5 muito acima do PS4 em termos de desenvolvimento gráfico, ou motor, mas sim implementar novas tecnologias e maneiras de se jogar um game.

Como já foi dito, é uma tendência natural, já que o mercado aponta para esses objetivos. Mas é também assombroso que os novos consoles de mesa sejam considerados um mercado de nicho, mesmo tendo produções com valores acima dos investidos em filmes, séries e afins. A Microsoft, por exemplo, sempre deixou claro que a divisão entre os segmentos beneficiou o desenvolvimento de novas tecnologias, mas, acima de tudo, trouxe liberdade para novas experiências e propostas, tal como o X-Box Game Pass.

A repartição entre a divisão de games e computadores dava a impressão de que a empresa se beneficiaria sobre um ou outro, mesmo com o Bill Gates a frente (isso nos primórdios). Quase 19 anos depois, a Microsoft considera videogames e computadores em pé de igualdade, tendo em comum um homem a frente de todos: Phil Spencer.

Seria “chover no molhado” elogiar a desenvoltura do diretor, mas ao que parece, a situação de Kenichiro Yoshida é muito mais desgastante em termos de resultados práticos, do que a de Spencer. Fica a impressão de que essa declaração quer diminuir o próprio mercado, e consequentemente o investimento sobre ele. Se isso indica uma mudança no foco da Sony, só o futuro dirá…


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Curta a nossa página no Facebook!

The following two tabs change content below.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close