Bode na Sala
Destaque Filmes Notícias

Vingadores: Ultimato | Momento marcante do Homem de Ferro quase foi diferente

Vingadores: Ultimato | Momento marcante do Homem de Ferro quase foi diferente

Atenção: spoilers de Vingadores: Ultimato abaixo!

Vingadores: Ultimato marcou o fim da jornada de diversos personagens importantes do Universo Cinematográfico Marvel — e todas as despedidas foram emocionantes. No entanto, uma das frases mais épicas do longa quase ficou de fora, já que ela sequer foi escrita no roteiro e foi adicionada como uma sugestão do editor do filme, Jeff Ford.

De acordo com o /Film, em uma sessão de perguntas e respostas em Washington DC, os diretores Joe Anthony Russo, revelaram que o final tocante do Homem de Ferro quase não esteve no filme. O momento em que o herói está confrontando Thanos e usa as Joias do Infinito para salvar o mundo, por pouco, não aconteceu em total silêncio por parte do herói. No roteiro original, o desfecho acontecia com o Titã Louco dizendo “Eu sou inevitável”, Tony Stark surrupiando as pedras da Manopla e, simplesmente, estalando os dedos — sem dizer uma palavra sequer.

Os irmãos Russo começaram a achar essa atitude do herói falastrão estranha e, quando foram montar o longa, tentaram escrever uma última fala para o Homem de Ferro antes do final do seu arco. A dupla, então, não conseguiu pensar em nada que fazia sentido e a sugestão de fechar o ciclo veio do editor do longa, Jeff Ford, em uma das sessões de montagem — após a dica, a atitude dos diretores foi dizer: “Precisamos filmar isso amanhã!”

E foi assim que o desfecho de Tony Stark surgiu, como um contraponto à frase de Thanos e voltando às origens do personagem, quando ele diz “Eu sou o Homem de Ferro” no primeiro filme do herói. Em 2008, o gênio, bilionário, playboy e filantropo dizia essa frase para se revelar como herói e receber os louros por ter salvo o dia — em uma total explosão de seu ego. Agora, em 2019, Tony usa a frase para se sacrificar por um bem maior, a humanidade, mesmo que essa atitude signifique perder tudo o que ele sempre sonhou ter.

“Tony não falava nada naquele momento. Nós estávamos na sala de edição e pensamos que ele deveria falar algo. Esse personagem viveu muita coisa e iria morrer assim. Nós tentamos um milhão de falas diferentes como últimas frases para ele e nada dava certo. Thanos estava dizendo ‘Eu sou inevitável’ e aí o nosso editor Jeff Ford, que editou todos os quatro filmes com a gente e é um contador de histórias fabuloso, falou: ‘Por que não encerramos o círculo e fazemos ele dizer ‘Eu sou o Homem de Ferro?’ Nesse momento nós só falamos algo como: ‘Pega as câmeras agora, precisamos filmar isso amanhã!'”, explicam os Russo.

Com direção dos irmãos Joe & Anthony RussoVingadores: Ultimato está em cartaz nos cinemas nacionais. Leia a nossa crítica!


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Curta a nossa página no Facebook!

The following two tabs change content below.
Jornalista e radialista, é um dos fundadores do Bode na Sala. Tem 26 anos, se orgulha de ter nascido em São Borja, no interior do Rio Grande do Sul, e, atualmente, mora em Porto Alegre. Trabalhou em todas as áreas que se pode imaginar, mas acabou caindo no submundo geek. É fã do Jim Carrey, acha que o Ben Affleck é o melhor Batman do cinema, não suporta pseudo-cultismo e pretende dominar o mundo.

Comments

  1. […] Vingadores: Ultimato | Momento marcante do Homem de Ferro quase foi diferente – 1 de maio de 2019 […]

  2. […] Vingadores: Ultimato | Momento marcante do Homem de Ferro quase foi diferente – 1 de maio de 2019 […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close