Bode na Sala
Filmes Notícias

Game of Thrones | George R.R. Martin acredita ter errado ao criar dragões e White Walkers

Game of Thrones | George R.R. Martin acredita ter errado ao criar dragões e White Walkers

George R.R. Martin explicou que acredita ter errado quando criou os dragões e os White Walkers na trama de Game of Thrones, durante o talk-show Star Talk, apresentado por Neil deGrasse Tyson;

Isso porque, tecnicamente, as criaturas aladas não podem ser considerados dragões porque possuem pernas traseiras e asas que saem dos antebraços, o que faz eles serem, na verdade, Serpes (um réptil que parece dragão).

De acordo com a heráldica [estudo focado em descrever os brasões de armas ou escudos], eles são seres chamados de Serpes. Isso fez com que alguns fãs mais puristas ficassem me enchendo o saco por chamá-los de dragões“.

Já em relação aos White Walkers, o autor disse que o mesmo erro técnico aconteceu, já que eles não são zumbis.

Eu não sei se eles estão vivos. Se, por exemplo, eu morrer daqui a cinco minutos, meu corpo vai continuar aqui, mas alguma ‘força’ pode tomar conta dele e controlá-lo. Aí meu corpo vai levar e sair andando por aí de novo. […] Então eles são pessoas mortas reanimadas? Sim, basicamente isso“.

Game of Thrones aos domingos, 22 horas, na HBO.


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Curta a nossa página no Facebook!

The following two tabs change content below.
Jornalista, pretende seguir carreira como crítico de cinema. Gosta de dar opinião sobre tudo. Reside em Belém Novo, fim do mundo de Porto Alegre.

Comments

  1. Boa noite, os dragões são indispensáveis. E são filhos da Dany que, sem eles, teria outra história. Os white não convencem, são chatos e dispensáveis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close