Bode na Sala
Destaque Filmes Notícias

Começa hoje o Festival de Cinema da Fronteira; confira a programação

Começa hoje o Festival de Cinema da Fronteira; confira a programação

Bagé, Santana do Santana do Livramento e Rivera, no Uruguai, sediam, a partir de hoje, o 11º Festival Internacional de Cinema da Fronteira. Com entrada franca, o evento acontece em 23 e 24 de abril na Fronteira da Paz e prossegue de 25 a 27 de abril, em Bagé.

Esta edição apresenta um recorte temático intitulado ‘O Renascer do Patrimônio’. A seleção de filmes reúne seis longas-metragens em competição e seis fora, com títulos em première nacional ou gaúcha, além das mostras competitivas de curtas internacionais e regionais.

Os longas da mostra competitiva são: Caminhos Magnétykos (2018, Brasil/Portugal), de Edgar Pêra; Domingo (2018, Brasil), de Clara Linhart e Fellipe Barbosa; Las Rutas en Febrero (2018, Uruguai), de Katherine Jerkovic. Também concorrem Morto Não Fala (2018, Brasil), de Dennison Ramalho; Ocho de Cada Diez (2018, México), de Sergio Umansky Brener; e Our Madness (2018, Moçambique/Portugal), de João Viana.

Fora da competição, serão exibidos os longas: Bio (2017, Brasil), de Carlos Gerbase; Bernarda (2018, Espanha), de Emilio Ruiz Barrachina; Guigo Offline (2017 – Brasil), de René Guerra; Pedro e Inês (2018, Portugal/Brasil/França), de António Ferreira. Ainda, O Sonho de Rui (2019, Brasil), de Cavi Borges e Ulisses Mattos; e Yorimatã (2014, Brasil), de Rafael Saar. A seleção de curtas é composta por filmes de 15 países.

Além das mostras, o festival oferecerá oficinas, debates e shows musicais. O jornalista Roger Lerina assina a curadoria de longas-metragens e o evento tem direção artística de Zeca Brito e produção de Frederico Ruas e Maristela Ribeiro. Mais informações podem ser encontradas em fb.com/festivaldafronteira.


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Curta a nossa página no Facebook!

The following two tabs change content below.
Jornalista e radialista, é um dos fundadores do Bode na Sala. Tem 26 anos, se orgulha de ter nascido em São Borja, no interior do Rio Grande do Sul, e, atualmente, mora em Porto Alegre. Trabalhou em todas as áreas que se pode imaginar, mas acabou caindo no submundo geek. É fã do Jim Carrey, acha que o Ben Affleck é o melhor Batman do cinema, não suporta pseudo-cultismo e pretende dominar o mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close