Bode na Sala
Destaque Especiais Filmes

Especial | 15 momentos essenciais no Universo Cinematográfico Marvel

Especial | 15 momentos essenciais no Universo Cinematográfico Marvel

Depois de 21 filmes, o Universo Cinematográfico Marvel está chegando em uma espécie de conclusão, pois a Saga do Infinito está sendo finalizada com Vingadores: Ultimato!

Por conta disso, separamos 15 momentos que consideramos essenciais no MCU, desde 2008, com Homem de Ferro, até Capitã Marvel, lançado em 2019, que foram fundamentais para a história chegar até este ponto.

Confira:


  • Tony Stark cria a Mark I – Homem de Ferro (2008)

É impossível citar os momentos mais importantes da Saga do Infinito sem começar com o surgimento do Homem de Ferro. O filme do Vingador Dourado, interpretado pelo insubstituível Robert Downey Jr., foi o pontapé inicial para a Fase Um do MCU. E tudo se iniciou naquela caverna no Afeganistão, onde Tony Stark foi aprisionado à beira da morte. Mesmo sob a ameaça constante de terroristas, ele conseguiu criar uma armadura com uma poderosa blindagem e com poder de fogo suficiente para acabar com os inimigos que o cercavam e garantir sua fuga: a Mark I. Contando apenas com as peças do míssil Jericho e ferramentas simples, muito diferentes do equipamento disponível em sua mansão, Stark construiu o pequeno Reator Arc e a armadura que o fez renascer após sentir na pele o mal provocado pela sua indústria de armas até então.


  • Steve Rogers recebe o soro de supersoldado – Capitão América: O Primeiro Vingador (2011)

Depois de ser rejeitado várias vezes como soldado do exército norte-americano na Segunda Guerra Mundial, Steve Rogers acaba se envolvendo em um projeto secreto que visa criar supersoldados, e se alista como cobaia. A cena que Rogers recebe o soro que lhe dá suas habilidades especiais é uma das mais importantes não só por estabelecer importantes elementos do MCU como o envolvimento de Howard Stark na criação do Capitão América, mas também por apresentar o primeiro ato de heroísmo do personagem. O soro viria a ser usado futuramente por Bruce Banner, que ao tentar recriá-lo, acabou sofrendo um acidente radiativo com raios gama (diferente dos raios vita usados para criar o Capitão América), e acabou se tornando o Hulk.


  • A ‘morte’ do Bucky – Capitão América: O Primeiro Vingador (2011)

James Buchanan Barnes era o melhor amigo do Steve Rogers desde a infância e o protegia de todos os bullies que implicavam com ele. Quando Bucky entrou no exército, Steve tentou se alistar, foi recusado inúmeras vezes, foi aceito e participou do programa do soro de supersoldado. Pula para o final da Segunda Guerra Mundial, Capitão e Bucky estão no trem enfrentando homens da Hydra quando Bucky é atingido e cai do trem, Rogers não é capaz de salvar o seu melhor amigo que caiu para uma aparente morte. Essa morte que parecia ser insignificante para o grande esquema das coisas no MCU acabou se tornando uma das mais relevantes. Bucky não só não morreu como foi abduzido para um programa de Arnim Zola que realizou uma lavagem cerebral no rapaz, inseriu um braço metálico potente e começou a usá-lo como Soldado Invernal, um implacável agente para execuções. Enquanto a identidade do agente secreto serviu para um clímax emocional no segundo filme do Capitão América, o pior estava por vir. Um dos alvos do Soldado foi Howard Stark, que estava numa viagem de carro com sua esposa, Maria, que também foi morta. As implicações destas execuções voltam mais tarde na lista.


  • Morte de Phil Coulson – Os Vingadores (2012) 

O agente da S.H.I.E.L.D. Phil Coulson já havia aparecido anteriormente no MCU, mas sua importância só foi sentida em Os Vingadores. Sua morte no filme, entretanto, é um dos momentos mais importantes da franquia. Depois de Loki invadir o porta-aviões da S.H.I.E.L.D., Coulson acaba se encontrando com o vilão, que o mata usando seu cetro. Depois de ser ferido, ainda resta um pouco de vida para que o agente consiga usar uma arma feita de material do Destruidor, morto em Thor. A morte do personagem ganha um significado maior quando Nick Fury faz dela uma motivação para que os heróis do filme se unam como os Vingadores pela primeira vez. Se Coulson não tivesse morrido, é possível que jamais tivéssemos visto os heróis realmente unidos por um propósito. 


  • Queda da S.H.I.E.L.D. – Capitão América 2: O Soldado Invernal (2014)

Depois que Steve Rogers e Natasha Romanoff descobrem que a Hydra controlava a S.H.I.E.L.D. secretamente desde a sua fundação, eles decidem invadir o Triskellion junto de Sam Wilson/Falcão para que possam impedir que o algoritmo de Arnim Zola mate milhares de pessoas que possam vir a ser uma ameaça para a organização alemã. A Viúva Negra expôs milhares de documentos que provam a infiltração da Hydra e toda a corrupção envolvendo as duas organizações, e isto provoca o fim da S.H.I.E.L.D., que perde todos os seus aeroporta-aviões e deixa o Soldado Invernal/Bucky Barnes escapar. O momento viria a ser importante para Vingadores: Era de Ultron, já que o desmascaramento da Hydra expôs diversos experimentos ilegais realizados por eles, incluindo o que deu os poderes para os gêmeos Pietro e Wanda Maximoff.


  • O nascimento do Visão – Vingadores: Era de Ultron (2015)

A criação do Ultron foi um grande erro. O robô rapidamente se tornou genocida e queria aniquilar toda a população da Terra. Apenas mais um dia comum para Os Vingadores. Ultron, no entanto, teve a ideia de criar um novo corpo feito de tecnologia de tecido sintético, vibranium e com a Joia da Mente para transferir sua consciência e se tornar imbatível. Depois dos Vingadores obterem o corpo sintético, Tony Stark tem a brilhante ideia de transferir o que sobrou da consciência de J.A.R.V.I.S. e seja o que Deus quiser. A ideia divide os Vingadores e Capitão, Gavião e os Natasha tentam impedir Tony de fazer mais um erro que coloque o destino da humanidade em jogo. Mas Thor intercede e energiza o corpo sintético e dá vida a ele. Nasce o Visão. Mesmo que muitos Vingadores estejam incertos sobre o novo membro do time, Visão deixa claro que Ultron deve ser exterminado e levanta o martelo do Thor, provando a todos que é digno. Mais tarde, o Visão acaba sendo peça-chave para o plano de Thanos de dizimar a metade da vida no universo, pois a Joia da Mente está em sua testa. A busca do Titã Louco pelo artefato é um dos pontos principais de Vingadores: Guerra Infinita.


  • A destruição de Sokovia – Vingadores: Era de Ultron (2015)

Enquanto Ultron ser um vilão bom ou não está para ser debatido, seu plano é inegavelmente brilhante. O robô transformou a cidade de Sokovia em um meteoro e a colidiria contra a terra para causar uma nova extinção. Lindo. Os Vingadores salvam o máximo de civis o possível antes de o Ultron acionar o botão que iniciaria a queda e a cidade começou a cair. Como não havia nada a ser feito, os heróis destroem Sokovia antes que ela possa colidir contra o planeta e acabar com tudo na superfície. Enquanto Vingadores: Era de Ultron acaba com um tom positivo, Capitão América: Guerra Civil já começa com as consequências. O Tratado de Sokovia tem como objetivo limitar, supervisionar e colocar sob a asa do governo todas as ações envolvendo heróis e metahumanos para que todas as suas ações tenham responsabilidade de todos os países que compõe a ONU, o que dá início ao conflito que eventualmente separa os heróis.


  • A morte de T’Chaka Capitão América: Guerra Civil (2016) 

Capitão América: Guerra Civil introduziu vários personagens novos ao MCU ou, pelo menos, ao convívio direto com os Vingadores. Um deles foi o Pantera Negra. Infelizmente para T’Challa, sua primeira aparição acabou surgindo após um evento trágico. Durante uma conferência da ONU em Viena, onde seria assinado o Tratado de Sokovia, que regulamentava o registro dos super-heróis e sua obrigação de seguir as leis ditadas por um conselho governamental, T’Chaka acaba se tornando uma das vítimas fatais de um atentado a bomba. Apesar da agilidade de T’Challa para saltar e tentar proteger seu pai, o rei de Wakanda não resiste aos ferimentos. Este evento faz com que o Pantera Negra, que antes era apenas um protetor de seu próprio país, agora surja para o mundo, devido à sua caçada a Bucky Barnes, o Soldado Invernal, suposto autor do atentado. Após todos os esclarecimentos sobre o ocorrido e a comprovada inocência de Bucky, o Pantera Negra se torna um importante aliado do Capitão América e, consequentemente, Wakanda se transforma na mais importante linha de defesa da Terra contra a invasão das tropas de Thanos em Vingadores: Guerra Infinita.


  • Homem de Ferro vs. Capitão América e Bucky – Capitão América: Guerra Civil (2016) 

Provavelmente, uma das melhores sequências do MCU, a luta entre Homem de Ferro e Capitão América e Bucky dividiu definitivamente os Vingadores. Após descobrir que o Soldado Invernal, controlado pela Hydra, foi o responsável por matar os seus pais, Tony Stark perde o controle, principalmente após descobrir que Steve Roger sabia disso. Logo, o Homem de Ferro deseja vingar os seus pais, matando Bucky. O Capitão América, como de costume, sai em defesa do seu amigo desmemoriado. Durante a intensa luta, um dos diálogos mais marcantes do MCU é proferido. Após o Capitão dizer que estava defendendo Bucky por ser seu amigo, Tony responde: “Eu também era”. Após a luta, que foi ‘vencida’ por Steve, os Vingadores se dividem e isso influencia na batalha contra Thanos, uma vez que os heróis não estavam juntos para enfrentar o Titã Louco. 


  • Doutor Estranho pegando a Joia do Tempo – Doutor Estranho (2016)

Em meio a sérios problemas e com a possível ameaça de Dormammu, Stephen Strange, que ainda estava aprendendo a utilizar seus poderes, decide tirar o Olho de Agamotto do pedestal de Kamar-Taj. O artefato foi produzido pelo primeiro Mago Supremo, para abrigar a Joia do Tempo. O Doutor Estranho então a utiliza para desfazer estragos e, principalmente, para atordoar Dormammu e enlouquecê-lo em uma linha do tempo repetitiva. Com isso, ele salva a humanidade e consegue derrotar os vilões. Ele, então, decide se afastar da Joia enquanto não domina plenamente seus poderes. Em Vingadores: Guerra Infinita ele já é o Mago Supremo e protege o item com sua vida, uma vez que os filhos de Thanos invadem a Terra para pega-lo. Porém, ele dá a Joia ao Titã Louco para poupar a vida de Tony Stark. Acontece que antes disso acontecer, Strange viu diversas possibilidades de derrotar Thanos e entregar a Joia pode ser a única que daria certo, mas isso é uma teoria, veremos se irá se concretizar em Vingadores: Ultimato.


  • Thor e Hulk se reencontram (e se enfrentam) em Sakaar – Thor: Ragnarok (2017)

No final de Vingadores: A Era de Ultron, vemos o Hulk em um Quinjet da S.H.I.E.L.D., no piloto automático, rumando pelo céu sem poder ser detectado e com destino desconhecido. E é a última vez que vemos o Gigante Esmeralda durante um bom tempo. Em Thor: Ragnarok, o Deus do Trovão é derrotado por sua irmã Hela, tem o Mjölnir destruído, e vai parar em Sakaar, um planeta repleto de criminosos e seres perigosos. Lá, Thor é aprisionado e obrigado a lutar em uma arena, tal qual os antigos gladiadores romanos. Já em frente ao público que aguardava a batalha, o herói ainda não sabe quem irá enfrentar. Ao abrirem os portões, a surpresa. O seu adversário será ninguém menos que o Incrível Hulk. Passado o breve momento de alívio ao pensar erroneamente que o seu antigo parceiro de equipe se uniria a ele, começa o embate que está entre as melhores cenas de luta do MCU. Felizmente, em seguida eles fazem as pazes, e enfrentam juntos a ameaça de Hela em Asgard. Este reencontro inesperado, em um planeta distante, fez com que eles fossem os primeiros Vingadores a enfrentar Thanos diretamente, no início de Vingadores: Guerra Infinita. E o resultado, como todos devem lembrar, foi uma pequena amostra da gigantesca ameaça que estava por vir.


  • Thanos intercepta os asgardianos – Thor: Ragnarok (2017)

Thor: Ragnarok dividiu as opiniões dos fãs do Deus do Trovão. No entanto, o longa tem diversos momentos importantes para a estrada rumo a Vingadores: Ultimato. Um dessas situações é a cena pós-créditos do longa de Taika Waititi, que mostra a nave dos asgardianos sendo interceptada por Thanos e seus lacaios. Apesar de, no filme do Deus do Trovão, não revelar o que acontece, o momento é importantíssimo para Vingadores: Guerra Infinita, que começa logo após esse encontro desagradável. Loki e Heimdall, além de diversos asgardianos, sucumbem, perante o poder do Titã Louco. 


  • O estalar de dedos mortal de Thanos – Vingadores: Guerra Infinita (2018)

Após completar a busca pelas Joias do Infinito e subjugar todos os Vingadores e Guardiões da Galáxia, Thanos estala os dedos e a tela fica branca. Guerreiros de Wakanda começam a desaparecer e não demora para os heróis virarem poeira também. Soldado Invernal, Groot, Pantera Negra, Drax, Senhor das Estrelas; um por um, vemos nossos personagens queridos desaparecem, em longa cena que aparenta não acabar nunca. Peter Parker tem a mais lenta e sofrida morte, nos braços de Stark, implorando para não ir. Os heróis que restam ficam devastados. Esse evento faz com que os Vingadores remanescentes, mais adiante, se reunirem e buscarem pelos seus amigos que partiram. Vingadores: Ultimato, em seus trailers, já colocam a seguinte frase: “Algumas pessoas superam, mas nós não. Nós não”, indicando a força-tarefa para honrar a memória daqueles que morreram no estalar de dedos mortal. E essa situação vai mover a trama do desfecho da Saga da Infinito. 


  • Explorando o Reino Quântico – Homem Formiga e a Vespa (2018)

Homem-Formiga apresentou o Reino Quântico brevemente, levantando especulações de que a Vespa priginal poderia estar lá. Em Homem-Formiga e a Vespa as suspeitas foram confirmadas. A antiga Vespa estava realmente no Reino Quântico, envelhecendo lá, mas acumulando diversas habilidades. Essas habilidades foram fundamentais para que os heróis obtivessem êxito em sua jornada, derrotando a vilã. Porém, o Reino Quântico continuou a ser explorado, como é mostrado na cena pós-créditos do filme. Scott Lang estava em exploração quando ocorreu o estalar de dedos do Thanos, ficando preso lá, não se sabe por quanto tempo. O Reino Quântico, provavelmente, será muito importante em Vingadores: Ultimato como uma forma de derrotar Thanos.


  • Capitã Marvel se reúne com os Vingadores – Capitã Marvel (2019) 

Depois de mostrar todos os poderes de Carol Danvers e a sua importância para a criação da S.H.I.E.L.D., Capitã Marvel trouxe, em sua cena pós-créditos, a reunião da heroína com os Vingadores. A personagem, que passou anos no espaço, retorna para a Terra após Nick Fury aciona-la, pouco antes de ser desintegrado pelo estalar de dedos mortal de Thanos. “Onde está Nicky Fury?”, pergunta Carol Danvers, ao se encontrar com Capitão América, Viúva Negra e Bruce Banner, mostrando que um time poderoso está se formando para caçar o Titã Louco em Vingadores: Ultimato.


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Curta a nossa página no Facebook!

The following two tabs change content below.
Jornalista e radialista, é um dos fundadores do Bode na Sala. Tem 26 anos, se orgulha de ter nascido em São Borja, no interior do Rio Grande do Sul, e, atualmente, mora em Porto Alegre. Trabalhou em todas as áreas que se pode imaginar, mas acabou caindo no submundo geek. É fã do Jim Carrey, acha que o Ben Affleck é o melhor Batman do cinema, não suporta pseudo-cultismo e pretende dominar o mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close