Bode na Sala
Destaque Filmes Netflix

Dica de Quinta | Cinco deliciosas comédias românticas na Netflix

Dica de Quinta | Cinco deliciosas comédias românticas na Netflix

Como explorado em Megarrromântico, comédia romântica é o gênero mais previsível, repetitivo e batido do cinema. Mas isso não quer dizer que os filmes sejam ruins, muito pelo contrário. Apesar de oferecer poucas surpresas, existe um charme irresistível, delicioso e viciante de assistir. Por isso, separamos cinco ótimos filmes de comédia romântica disponíveis na Netflix.

Confira:


  • A Princesa Prometida (1987)

O romance de Buttercup (Robin Wright) e Wes (Cary Elwes) é interrompido quando ele sai para encontrar uma fortuna para poder casar-se com ela, mas acaba desaparecendo. Anos depois, Buttercup, relutantemente, aceita se casar com o vilânico Príncipe Humperdinck (Chris Saradon) e, ao saber disso, Wes retorna para reconquistar a sua amada. Para isso, ele conta com a ajuda de um gigante amigável chamado Fezznik (André the Giant) e de Inigo Montoya (Mandy Patkin), um habilidoso espadachim que busca vingança contra o homem que assassinou o seu pai. Repleto de romance, amizade, ação e duelos de espada épicos, A Princesa Prometida é um clássico da fantasia.


  • 10 Coisas que Eu Odeio em Você (1999)

Versão atualizada da história A Megera Domada, de William Shakespeare, a trama de 10 Coisas que Eu Odeio em Você começa com Cameron James (Joseph Gordon-Levitt), um estudante apaixonado por Bianca Stratford (Larisa Oleynik), e que pretende levá-la ao baile da escola. Porém, para que a garota possa sair de casa, a irmã mais velha dela, Kat (Julia Stiles), precisa sair também, mas esta é revoltada e antissocial. Cameron, então, contrata o bad boy Patrick (Heath Ledger) para fingir interesse na Kat e levá-la para o baile. Kat resiste às investidas de Patrick, mas acaba se apaixonando por ele ao mesmo passo em que ele se apaixona pela garota. 10 Coisas que Eu Odeio em Você é uma apaixonante comédia romântica que faz o espectador cair de amores pelos protagonistas. Como não se lembrar da cena icônica em que Patrick canta Can’t Take My Eyes Off of You para Kat?


  • Mamma Mia! (2008)

Só o fato de ser musical já eleva qualquer comédia romântica. Mamma Mia! é um musical que nos apresenta Sophie (Amanda Seyfried), uma jovem que está prestes a casar e não sabe quem é o seu verdadeiro pai. Como ela sonha em tê-lo presente no dia de seu casamento, a garota trata de convidar três antigos namorados de sua mãe, Donna (Meryl Streep) que podem ser o pai que ela procura. Embalado por uma excelente trilha sonora composta unicamente por hits da banda ABBA, Mammia Mia! é brega, tosco e constrangedor, mas ainda assim é extremamente divertido e cativante.


  • Amizade Colorida (2011)

Jamie (Mila Kunis) e Dylan (Justin Timberlake) acabaram de ser dispensados pelos seus respectivos pares quando se conhecem pelo trabalho. Os dois, ainda amargurados pelo fim do relacionamento anterior, se interessam um pelo outro e chegam a um acordo: sem sentimentos ou amor, apenas sexo. E no começo, claro que funciona, mas como é uma comédia romântica previsível e que literalmente foi feita no ano anterior (Sexo Sem Compromisso, com Ashton Kutcher e Natalie Portman), é óbvio que começa a rolar um sentimento amoroso entre eles que coloca o acordo em risco. Mas mesmo que dê pra adivinhar tudo que vai acontecer, Amizade Colorida conta com a química excelente entre Kunis e Timberlake, um inesperado humor metalinguístico e bastante coração.


  • Amor a Toda Prova (2012)

Nada como uma comédia romântica que contém várias histórias separadas que se juntam no final. Em Amor a Toda Prova, Cal Weaver (Steve Carell) se separa da esposa, Emily (Julianne Moore) após descobrir que ela o traiu com o chefe dela, David Lindhagen (Kevin Bacon). Abalado com o término do casamento, Cal vai a um bar afogar as mágoas quando conhece Jacob Palmer (Ryan Gosling) um jovem sedutor e mulherengo que sempre pega todas as mulheres, ajudando Cal a sair da fossa. O filho de Cal, Robbie (Jonah Bobo), está perdidamente apaixonado pela babá, que é bem mais velha e não liga a mínima pra ele. Por fim, Hannah (Emma Stone) está cansada do namorado dela que nunca toma iniciativa e interessa por Jacob. São várias engraçadas e divertidas histórias que se conectam de forma surpreendente no final.


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Curta a nossa página no Facebook!

The following two tabs change content below.
Estudante de jornalismo, tem 20 anos e é assistidor de séries semi profissional. Fissurado em cinema desde sempre, nunca trabalhou na área e pretende mudar isso algum dia. Fã do Studio Ghibli e de musicais, é fissurado no cinema sul-coreano e nas suas formas de vingança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close