Bode na Sala
Críticas Destaque Filmes

O Peso do Passado | Crítica

O Peso do Passado | Crítica

O Peso do Passado (Destroyer)

Ano: 2018

Direção: Karyn Kusama

Roteiro: Phil Hay e Matt Manfredi

Elenco: Nicole Kidman, Toby Kebbell, Tatiana Maslany, Sebastian Stan, Scoot McNairy, Bradley Whitford, Toby Huss, Beau Knapp

Personagens complexos com ótimas motivações para realizarem determinados atos fazem com que as tramas se tornem mais interessantes. Porém, em alguns casos, a atriz acaba carregando o filme, com uma interpretação espetacular, mesmo que a personagem não seja. O Peso do Passado pode ser considerado como a obra que deu a oportunidade a Nicole Kidman de mostrar todo o seu talento.

A história gira em torno de Erin Bell (Nicole Kidman), uma detetive que já possui uma certa idade, alcoólatra e com uma filha adolescente. Bell carrega consigo a dor do que ocorreu em seu passado, tendo um forte desejo de vingança. A trama se passa em duas linhas do tempo: durante os acontecimentos e após eles, que seria no presente. No passado, a policial e seu parceiro, Cris (Sebastian Stan), estão infiltrados em um grupo de assaltantes e precisam ganhar a confiança de todos para poderem detê-los.

Como se a construção de uma protagonista não fosse suficientemente difícil, a de um vilão pode ser ainda mais. O longa consegue apresentar um antagonista de peso, mesmo que não saibamos muito sobre ele. Toby Kebbell dá vida a Silas, um homem misterioso e aparentemente cruel. A sua interpretação passa uma veracidade instigante e faz com que realmente nos preocupemos com a protagonista.

O ritmo da obra é fluido, mesclando as linhas do tempo e conseguindo dar um dinamismo ao que está sendo contado. Karyn Kusama possui muitos méritos, pois a sua direção que, ao mesmo tempo consegue ser contemplativa e atraente, passeia por todos os temas que devem ser abordados de forma natural. Porém, Kusama peca ao focar demais na protagonista, apelando para sua forma “decadente”, ao invés de desenvolver a personagem.

As motivações de Bell não são reveladas totalmente e algumas acabam se tornando incompreensíveis. Isso acaba afastando o espectador, fazendo-o perder o interesse por quem é o centro de tudo. A imersão fica prejudicada, muito por conta do preciosismo exacerbado de Kusama, que aparentemente quer fazer com que a importância da história seja maior do que ela realmente é.

O roteiro é redondo, conseguindo encaixar todas as pontas, contando uma história com começo, meio e fim, utilizando de recursos interessantes para “enganar” o público para surpreender no final. Tirando a falta de desenvolvimento dos personagens, o longa consegue ser atraente quando apresenta os fatos.

Nicole Kidman está sensacional no papel da policial, apresentando uma das melhores atuações de sua carreira. Ela faz com que não nos importemos tanto com os problemas do filme e fiquemos completamente apaixonados por sua performance. Sebastian Stan e Tatiana Maslany não possuem muito tempo de tela, mas vão bem quando é necessário. O trabalho de maquiagem é excelente, fazendo com que Kidman fique quase irreconhecível, tirando muito de sua beleza e substituindo por uma aparência sombria e decadente, sendo reflexo do passado da personagem.

O Peso do Passado exagera em muitos aspectos, tentando ser maior do que realmente é, mas consegue divertir, deixar o público tenso e surpreender ao mesmo tempo. A produção se apoia muito nas ótimas atuações, com atores muito talentosos e carismáticos. A história não é tão interessante, mas é bem contada. Se trata de uma boa experiência cinematográfica, mas que, no fim, acaba não tendo muito a dizer.

Nota do crítico:

 

Nota dos usuários:

[Total: 0    Média: 0/5]


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Curta a nossa página no Facebook!

The following two tabs change content below.
Jornalista, pretende seguir carreira como crítico de cinema. Gosta de dar opinião sobre tudo. Reside em Belém Novo, fim do mundo de Porto Alegre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close