Bode na Sala
Destaque Filmes Notícias

Vidro | Primeiras críticas do filme são negativas: “Decepção”

Vidro | Primeiras críticas do filme são negativas: “Decepção”

A tão aguardada sequência de Corpo Fechado e Fragmentado, Vidro teve suas primeiras críticas divulgadas e, bem, elas não são muito animadoras.

Entre as opiniões dos jornalistas, algumas destacam que o longa de M. Night Shyamalan é uma “decepção”, com um “final superficial” e “tramas deconexas”.

Até o momento, o longa conta com 38% de aprovação no Rotten Tomatoes, com uma nota média de 5,2/10.

Confira trechos das críticas:

“Eu tive apenas alguns momentos na minha vida em que eu senti dores tão agonizantes. Algumas eu tento não falar, mas há um momento que vou discutir com todos vocês para o propósito desta revisão. Quando eu tinha nove anos, meu pai era dono de uma loja de descontos e na loja havia uma porta de vidro que era bem pesada. Eu tentei abrir a porta e meu dedo ficou preso entre o vidro. Meu dedo foi dividido em dois. Eu precisei de pontos e me recusei a ir ao médico e isso me causou ainda mais dor. A única outra vez que o vidro me causou agonia foi durante a minha exibição dessa continuação de ‘Corpo Fechado’ e ‘Fragmentado'”– Heroic Hollywood.

“A maior decepção da carreira de M. Night Shyamalan – IndieWire

“Vidro é extenso e desarticulado, com tramas desconexas (algumas delas levando a um final extremamente superficial), que parecem ditadas mais pela disponibilidade de suas estrelas do que pela coesão narrativa” – Slate

“Está tão fortemente endividado com seus antecessores que grande parte do impacto emocional será perdido para qualquer um que não tenha assistido aos outros filmes” – The Wrap

“Colocado em termos de histórias em quadrinhos, Vidro demora demais para virar de uma página para outra” – Entertainment Weekly

“O filme é assistível, mais ainda assim é uma decepção, porque se estende e invade os conceitos de ‘Corpo Fechado’, sem a sensação de descoberta obscura mística que fez o filme indelével” – Variety

“Há tantas ideias em jogo aqui (talvez demais) que ninguém pode deixar de pensar se Shyamalan está perdido ou tentando se encontrar” – Den of Geek

“Shyamalan não apenas parece ter esquecido o que fez seus dois predecessores trabalharem tão bem, mas ele não percebe que é sua falta de imaginação, e não a do público, que os impede de acreditar em super-heróis” – Moviefone

“Em seus trabalhos passados, Shyamalan mostrou um conhecimento maravilhoso de linguagem cinematográfica, e um controle magistral de controle de câmera. Mas nada disso está em Vidro, que só tem algumas tomadas memoráveis espalhadas em um filme visualmente pobre e de espaço vazio” – /Film

Após as conclusões de Fragmentado e Corpo FechadoVidro mostrará Dunn perseguindo a figura super-humana de Crumb, A Fera, em uma série de crescentes encontros, enquanto a sombria presença de Price surge como um maestro que detém segredos fundamentais para os dois homens.

Para o filme, retornam Bruce Willis como o inquebrável David Dunn; Samuel L. Jackson como o vilão Elijah Price, também conhecido como Mr. Glass; James McAvoy como Kevin Crumb e suas 23 personalidades; e Anya Taylor-Joy como Casey Cooke, a única sobrevivente da Fera. Sarah Paulson é a novidade do elenco.

Com direção de M. Night Shyamalan, Vidro estreia no dia 17de janeiro de 2019.


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Curta a nossa página no Facebook!

The following two tabs change content below.
Jornalista e radialista, é um dos fundadores do Bode na Sala. Tem 26 anos, se orgulha de ter nascido em São Borja, no interior do Rio Grande do Sul, e, atualmente, mora em Porto Alegre. Trabalhou em todas as áreas que se pode imaginar, mas acabou caindo no submundo geek. É fã do Jim Carrey, acha que o Ben Affleck é o melhor Batman do cinema, não suporta pseudo-cultismo e pretende dominar o mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close