Bode na Sala
Críticas Destaque Especiais Filmes

Maratona Marvel #06 | Os Vingadores | Crítica

Maratona Marvel #06 | Os Vingadores | Crítica

Imagem relacionadaThe Avengers: Os Vingadores (The Avengers)

Ano: 2012

Direção: Joss Whedon

Roteiro: Joss Whedon e Zack Penn

Elenco: Robert Downey Jr., Chris Evans, Scarlet Johanson, Mark Ruffalo, Chris Hemsworth, Tom Hiddleston, Jeremy Renner, Samuel L. Jackson,

Em 2012, quatro anos após o início do Universo Cinematográfico da Marvel – que começou em 2008 com Homem de Ferro – e depois de praticamente todos os principais heróis terem sido apresentados nos seus filmes solos, chega a produção que colocaria em esse universo em xeque. Um longa de equipe seria o mais desafio da Marvel, para se consolidar de vez e seguir com as devidas continuações, aumentando ainda mais as suas possibilidades.

Após surgir a ameaça de Loki (Tom Hiddleston), vilão que já conhecemos de Thor, Nick Fury (Samuel L. Jackson) se vê obrigado a colocar em prática a Iniciativa Vingadores, que já vinha sendo montada para caso acontecesse alguma catástrofe fora do normal. O irmão do Deus do Trovão está com a Joia da Mente em seu cetro e a sua missão é conseguir o Tesseract (Joia do Espaço) para abrir um portal que transportaria milhares de seres alienígenas, formando o seu exército particular. O Gavião Arqueiro (Jeremy Renner) acaba sendo controlado pela Joia da Mente e isso serve para mostrar as habilidades do herói sendo usadas contra seus futuros companheiros, já que ele era o mais desconhecido do grupo.

Thor (Chris Hemsworth), Capitão América (Chris Evans), Hulk (Mark Ruffalo), Viúva Negra (Scarlet Johanson) e Homem de Ferro (Robert Downey Jr.) se unem para impedir que o plano do vilão aconteça. O mais interessante dessa junção não foi nem as coreografias de batalhas, mas sim a interação de seus egos absurdamente inflados, juntamente com suas fortes personalidades. Os conflitos entre Tony Stark e Steve Rogers tiveram início – o embate ideológico começou a ser desenvolvido para gerar frutos em Capitão América: Guerra Civil – e isso mostrou de cara as diferenças entre os pensamentos de cada um.

O Hulk e a Viúva Negra, além do Gavião Arqueiro, eram os personagens menos explorados até aqui (O Hulk de Mark Ruffalo, é claro). A personagem de Scarlett Johanson, que foi apresentada em Homem de Ferro 2, se consolida como membro fundamental da equipe. Loki, que já havia sido bem desenvolvido no filme solo do Thor, em Os Vingadores, consegue elevar o seu próprio patamar, muito por conta do carisma de Tom Hiddleston. Para ter uma noção, o personagem foi o mais icônico vilão da Marvel até o lançamento de Pantera Negra, em 2018.

A trama foi muito bem pensada e o roteiro conseguiu encaixar muito bem a situação para que a história fosse coesa do início ao fim, apresentando bons desfechos e deixando ganchos para a Fase 2 da Marvel. A importância da consolidação de Tony Stark como um homem íntegro, sendo algo além do que foi mostrado no seu filme solo, e podendo ser o líder da equipe em um possível futuro, é algo imensurável quando já acompanhamos todos os filmes lançados até 2018.

Joss Whedon conduz muito bem o longa, com ótimas cenas de ação, mesclando boas piadas com uma tensão inevitável entre os heróis. O cineasta consegue desenvolver muito bem aquele grupo que, no início era apenas uma junção de seres poderosos, mas que no final já era uma equipe entrosada, cujos integrantes confiavam uns nos outros. Tudo isso é realizado de uma forma natural e agradável. Apesar do longa ser para toda a família, Whedon conseguiu realizar uma obra que não é nem muito adulta e nem muito infantil, dosando os atributos e transformando um grande material bruto em um filme icônico e, até mesmo, revolucionário.

Os Vingadores encerrou a primeira fase do Universo Cinematográfico Marvel de forma brilhante, consolidando o grupo e sendo fundamental para que o estúdio seja o que é hoje. Pouquíssimos defeitos podem ser identificados na produção, que sempre será lembrada como um dos principais filmes de uma equipe de super-heróis.

Nota do crítico:

 

Nota dos usuários:

[Total: 0    Média: 0/5]


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Curta a nossa página no Facebook!

The following two tabs change content below.
Jornalista, pretende seguir carreira como crítico de cinema. Gosta de dar opinião sobre tudo. Reside em Belém Novo, fim do mundo de Porto Alegre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close