Bode na Sala
Filmes Notícias

Nenhum dos próximos filmes de Star Wars será exclusivo do Disney+, diz presidente da Disney

Nenhum dos próximos filmes de Star Wars será exclusivo do Disney+, diz presidente da Disney

Star Wars: Episódio IX será o último capítulo da saga principal da franquia, e o último com a família Skywalker no centro de tudo. No entanto, a LucasFilm já confirmou alguns projetos que irão expandir o universo de Star Wars, como uma trilogia que está sendo desenvolvida por Rian Johnson (Star Wars: Os Últimos Jedi) e uma série de filmes que David Benioff & D.B. Weiss estão criando.

Ainda este ano, a Disney irá lançar seu próprio serviço de streaming, o Disney+. Um dos primeiros lançamentos exclusivos será The Mandalorian, seriado desenvolvido por Jon Favreau que também está inserido no universo de Star Wars. Por conta disso, alguns fãs ficaram em dúvida sobre onde aqueles futuros filmes já confirmados seriam lançados, se será no cinema ou um lançamento exclusivo do Disney+.

Em uma entrevista à Barron’s (via Screen Rant), Bob Iger, o CEO da empresa do Mickey, comentou sobre a possibilidade de algum longa de Star Wars ser lançado exclusivamente na plataforma, como o caso de The Mandalarian.

“Quase todo filme que o estúdio [a Disney] é feito com mais de US$ 100 milhões, e não queremos fazer filmes nesse nível para o serviço. Estamos procurando investir significativamente em séries de TV, e também queremos fazer filmes com orçamentos maiores, mas nada desse tipo. Nós não faríamos um filme de Star Wars para a plataforma. Quando todo mundo sai no final de semana e você tem um filme que custa US$ 200 milhões, há um burburinho que cria em torno desse valor. Nós gostamos disso. E eventualmente os filmes que fazemos vão acabar no serviço”, falou o CEO.

Star Wars: O Despertar da Força conseguiu a maior arrecadação de bilheteria da franquia, e possui a 3ª maior da história. Star Wars: Os Últimos JediRogue One: Uma História Star Wars também foram muito bem-sucedidos, com ambos tendo passado de US$ 1 bilhão. O único filme que não se deu bem nas bilheteria foi Han Solo: Uma História Star Wars, mas isso não impediu a franquia de continuar mais viva do que nunca. Aparentemente, o melhor lugar para Star Wars continuará sendo o cinema.

Netflix é um serviço de streaming que está indo na contramão do que Iger diz. Para 2019, tem grandes lançamentos agendados, como 6 Underground, filme de ação dirigido por Michael Bay que contou com um orçamento de US$ 150 milhões, e The Irishman, próximo longa de Martin Scorsese que contará com Robert De NiroAl Pacino no elenco, tendo custado algo em torno dos US$ 140 milhões. Só o tempo dirá se ambos os filmes serão bem-sucedidos, mas depois do enorme sucesso de Bird Box e do reconhecimento de Roma por diversas premiações, é provável que a plataforma continue investindo pesado na 7ª arte.

Com direção de J. J. AbramsStar Wars: Episódio IX estreia em 19 de dezembro.


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Curta a nossa página no Facebook!

The following two tabs change content below.

João Vitor Hudson

João Vitor Hudson é um publicitário aos 22 anos. Ama cinema desde quando desejava as férias escolares só pra assistir todos os filmes do Cinema em Casa e da Sessão da Tarde. Ama o MCU, e confia bastante no futuro da DC nos cinemas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close