Bode na Sala
Críticas Filmes

Minha Vida em Marte | Crítica

Minha Vida em Marte | Crítica

Minha Vida em Marte

Ano: 2018

Direção: Susana Garcia

Roteiro: Susana Garcia

Elenco: Mônica MartelliPaulo GustavoMarcos PalmeiraFiorella Mattheis, Gabriel Braga Nunes, Anitta

Em um ótimo ano para o cinema nacional, com produções interessantes como As Boas Maneiras, Legalize Já: Amizade Nunca Morre e Yonlu, comédias genéricas como Os Farofeiros também são realizadas. Com uma premissa simples e desinteressante, Minha Vida em Marte chega para ser mais um filme bobo do cinema nacional.

O longa é baseado na obra homônima de Mônica Martelli, no qual ela mesma é protagonista, interpretando Fernanda, uma organizadora de festas que é casada com Tom (Marcos Palmeira). Os dois possuem um desgaste mútuo por conta de tantos anos de casados. Eles têm uma filha juntos e precisam decidir entre continuar tentando ou se separar. No meio disso, está Anibal (Paulo Gustavo), melhor amigo de Fernanda, que tenta ajudá-la a tomar a melhor decisão e superar os problemas.

O desenvolvimento dos personagens não é bem realizado, não apresentando nenhum background para Anibal e mostrando os protagonistas como pessoas superficiais. Não existem grandes motivações e tudo parece fútil. As soluções para os problemas não parecem condizerem com a realidade. A vida burguesa da protagonista não é interessante e ela não possui carisma algum. Todas as pessoas que seriam atraentes precisam seguir um padrão absurdo de beleza, com corpos muito definidos.

O roteiro do longa peca em diversos aspectos, apresentando furos na narrativa. O ritmo é inconsistente, sendo ditado por diálogos maçantes e sem profundidade alguma. Nada parece ser aprofundado ou até mesmo importante. Não temos algo que motive o interesse do público. Os desfechos são fracos e sem sentido, alongando demais a trama. Parece que tudo é jogado apenas para preencher os espaços vazios.

As atuações não são boas, com exceção de Paulo Gustavo, que é a melhor coisa da produção. As únicas piadas que encaixam são dele, com um personagem irritante, mas que possui carisma. Marcos Palmeira está no piloto automático e Mônica Martelli não convence em nenhum momento. A inserção de Anitta na trama é sem sentido e feita de forma gratuita, parecendo que foi realizada apenas como uma forma de promover a artista.

Minha Vida em Marte é apenas mais um filme ruim e sem nenhuma importância, com uma trama fraca e atuações ruins. Se trata apenas de mais uma peça com um orçamento significativo, mas com pouca importância artística.

Nota do crítico:

 

Nota dos usuários:

[Total: 1    Média: 4/5]


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Curta a nossa página no Facebook!

The following two tabs change content below.
Jornalista, pretende seguir carreira como crítico de cinema. Gosta de dar opinião sobre tudo. Reside em Belém Novo, fim do mundo de Porto Alegre.

Comments

  1. Se Rafael Bernardes pretende seguir carreira de critico de cinema , mehor é abrir uma padaria e queimar rosca ! Sabe de nada e na tá com nada as suas avaliações! Cresça e apareça oara poder criticar os outros ! Faça melhor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close