Bode na Sala
Artigos Destaque Filmes Netflix

Pai In Dica | É Natal na Netflix

Pai In Dica | É Natal na Netflix

O cenário é a fria Irlanda em época de Natal, exatamente na véspera do dia mais esperado por muitos. Com a direção de Damien O’Connor, produção de Nathan Santell, Colm Tyrrell e roteiro elaborado por Will Collins, Damien O’Connor, O Natal de Angela é uma recente adição ao catálogo da Netflix e já é um sucesso de crítica. O curta-metragem, de indicação livre, foi incluído ao catálogo no último dia 30 de novembro, apresentando um script peculiar e fugindo dos clichês natalinos.

Na animação, Angela é uma menina inocente, carinhosa e sensível. Tudo começa com uma ideia simples e boba, daquelas que todo mundo que convive com criança sabe que acontece. Ao ver a estátua do menino Jesus com pouca roupa, no presépio da Igreja, ela decide o levar para casa e aquecê-lo. A partir disso, já se pode imaginar a confusão. A protagonista é extremamente carismática e consegue levar o filme sozinha, praticamente em um monólogo muito divertido até a metade da película. Contudo, é quando ela chega em casa que o filme toma forma, trazendo reflexões sobre o que o Natal representa de fato.

O último ato é emocionante e apresenta uma realidade muito comum no Brasil. Uma família sem o pai, com a mãe garantindo o sustento da casa, três irmãos, aposentos humildes e muito, mas muito amor. O que mais me chamou atenção e prometo não dar spoilers, foi a forma como a história do nascimento da Angela, a explicação sobre o paradeiro do pai e demonstração do amor da família foi contada em pouquíssimo tempo e com tamanha emoção. É perfeito! Por essas e outras posso garantir que esta é uma das melhores obras de tema natalino que já foi lançada. Mais um ponto para a Netflix.

Até semana que vem!


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Curta a nossa página no Facebook!

The following two tabs change content below.

Bruno Prates

É o pai do Davi e, por isso, está por dentro de tudo que rola no mundo dos pequeninos. Curte animações, comédias, rock n' roll, cultura pop e não dispensa uma boa maratona de séries e filmes. No cinema, é fã do Michael Richards, Jerry Seindfeld, Leslie Nielsen, Jim Carrey e Adam Sandler. Também aprecia o trabalho do Tarantino e considera que ele é o melhor diretor da atualidade. Na música, tem como maiores ídolos Dave Grohl, James Hetfield, Paul McCartney, Freddie Mercury e John Bonham.

Latest posts by Bruno Prates (see all)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close