Bode na Sala
Filmes Notícias

Bryan Singer proibia quadrinhos no set de filmagem, diz Hugh Jackman

Bryan Singer proibia quadrinhos no set de filmagem, diz Hugh Jackman

O ator Hugh Jackman, revelou, em entrevista para a MTV, que o diretor Bryan Singer proibia quadrinhos no set de filmagem. O intérprete do Wolverine ainda disse que qualquer gibi que fosse lido por ele deveria ser avisado ao diretor.

“Quando consegui o papel, lembro-me de entrar no escritório de Kevin Feige. Quadrinhos de parede a parede, e a propósito, os quadrinhos foram banidos no set porque Bryan Singer tinha essa coisa… ele realmente queria levar os personagens de quadrinhos a sério como verdadeiros personagens tridimensionais. Quem não entende esses quadrinhos pode pensar que eles são bidimensionais, então ninguém era permitido, todo mundo … era como contrabando.”

• Hugh Jackman diz que Wolverine retornará

• Sony reserva duas datas de 2020 para filmes inspirados nos quadrinhos da Marvel

• Capitã Marvel é um “plano B”, convocada apenas em situações de emergência, de acordo com HQ

• Marvel revela a linha do tempo oficial de seus filmes; confira

O ator revelou também alguns conselhos dados pelo próprio Kevin Feige para que ele conseguisse entender quem era Logan:

“Então, eu entrava no escritório de Kevin Feige e era de parede a parede, não só quadrinhos, mas também pôsteres, e cerca de 600 estatuetas de diferentes personagens, e eu ficava tipo ‘o que eu devo ler?’ Ele dizia: ‘Você tem que ler esse aqui, e você tem que ler sobre o Japão. Você tem que ler as origens’, e ficamos amigos desde então, e nada me deixa mais feliz em saber que alguém que é puramente criativo, puramente amante do legado dessas histórias em quadrinhos, hoje é esse sucesso.”

Atualmente, Kevin Feige é o Presidente da Marvel Studios e de todo o Universo Cinematográfico Marvel.

Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Curta a nossa página no Facebook!

The following two tabs change content below.

Fabíola Barcelos

21 anos, estudante de Jornalismo da UniRitter. Fã dos clássicos (e também do que não é clássico) da Disney e visitante assídua da aba de lançamentos da Netflix. Faço parte da população que leva mais tempo escolhendo filme do que, de fato, assistindo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close