Bode na Sala
Notícias

Nunca foi tão caro ir ao cinema no Brasil

Nunca foi tão caro ir ao cinema no Brasil

Ir ao cinema no Brasil nunca foi tão caro quanto agora. O preço médio do ingresso no país atingiu seu valor máximo desde a implementação do real. Dados do Anuário Estatístico do Cinema Brasileiro mostram que a média do ingresso foi de R$ 15 em 2017, um crescimento de R$ 0,90 na média (6%). O valor mais baixo do ingresso foi em 2009, quando a média estava em R$ 8,61. Desde então, a média foi subindo ano após ano, com pequenas variações nesta alta. O maior crescimento até então foi de 2014 para 2015, quando o ingresso subiu R$ 1,02 após 365 dias,

O gráfico abaixo mostra como o preço oscilou nos últimos anos.

O gráfico tem uma curva bastante ascendente, mas quando este valor é subtraído da inflação anual brasileira, o preço fica mais próximo de algo constante, com uma leve subida acima da inflação no período que foi de 2012 a 2014.

Evolução do preço médio do ingresso (PMI)* deflacionado

Mesmo em ascensão constante, o preço brasileiro ainda tem uma das médias mais baratas no cenário internacional (no qual todos as moedas são convertidas em Dólar e feita uma lista de preços). Ao redor do mundo, o Japão é o local com o cinema mais caro, custando US$ 11,7, enquanto o Brasil, em 2017, teve uma média de US$ 4,7 por ingresso.

O público brasileiro também foi crescendo com o decorrer dos anos, chegando ao seu máximo em 2016. Mais recentemente, entretanto, tivemos uma pequena queda, com o último ano tendo três mil pagantes a menos. Em 2017, 181 milhões de ingressos foram vendidos.


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Curta a nossa página no Facebook!

 

The following two tabs change content below.
Jornalista, pretende seguir carreira como crítico de cinema. Gosta de dar opinião sobre tudo. Reside em Belém Novo, fim do mundo de Porto Alegre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close