Bode na Sala
Filmes Notícias

Bohemian Rhapsody | Filme com Sacha Baron Cohen seria mais “explícito” sobre Freddie Mercury, diz diretor

Bohemian Rhapsody | Filme com Sacha Baron Cohen seria mais “explícito” sobre Freddie Mercury, diz diretor

Bohemian Rhapsody estreia nos cinemas de vários países neste fim de semana (no Brasil a estreia ocorreu ontem, dia 1º). O filme conta a história da banda Queen desde seu início e vai até a épica performance ocorrida no Live Aid, deixando de lado os polêmicos últimos 6 anos do grupo. Mas há quase uma década o longa vinha sendo desenvolvido com outra equipe, e ele seria totalmente diferente.

Sacha Baron Cohen, ator e comediante conhecido principalmente por Borat, planejava o filme e o estrelaria na pele de Freddie Mercury, papel que acabou sendo de Rami Malek (Mr. Robot). O filme de Cohen começou com uma ideia de Peter Morgan (The Crown) e acabou atraindo a atenção de Stephen Frears, que foi contratado para dirigir o projeto. Em uma entrevista à Vulture (via IndieWire), Frears deu detalhes de como seria a história.

“Sacha queria fazer um filme muito escandaloso, que eu imagino Freddie Mercury aprovando. Seria ultrajante em termos da sexualidade [de Freddie] e ultrajante em termos de infinitas cenas de nudez. Sacha amava tudo isso”, disse Frears.

Sony estava bastante interessada no projeto, e um ex-executivo chegou a dizer que o filme seria mais uma biografia de Freddie do que da banda em si – o longa acabou sendo lançado pela Fox. A Sony até chegou a se reunir com diretores recorrentes do estúdio, como David Fincher. Mas voltando à Stephen Frears, o diretor disse que não demorou para o projeto desmoronar, pois os membros da banda Brian MayRoger Taylor seriam produtores do longa e estavam descontentes com a visão de Sacha Baron Cohen.

“Você sempre poderia dizer que havia problemas com o resto da banda. Porque Sacha queria algo mais explícito, e eles queriam algo muito mais convencional, explicou Frears.

Eventualmente, Cohen acabou deixando o projeto, e em uma entrevista de 2016 revelou que um dos membros da banda (sem dar nomes) queria colocar a morte de Freddie Mercury no meio do filme e o restante focaria na vida dos membros remanescentes.

“Escute, ninguém vai querer um filme em que o personagem principal morre de AIDS e você continua a assistir a banda”, disse Cohen na época. Vale lembrar que o filme lançado não dá detalhes da doença obtida por Freddie Mercury, já que ele termina anos antes disso.

É possível que nunca veremos esta versão cinematográfica da vida de Freddie Mercury. O que nos resta é apenas acompanhar Bohemian Rhapsody estrelado por Rami Malek e dirigido por Bryan Singer (X-Men). Você pode conferir a nossa opinião sobre o filme recém-lançado aqui.


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Curta a nossa página no Facebook!

The following two tabs change content below.

João Vitor Hudson

João Vitor Hudson é um publicitário aos 22 anos. Ama cinema desde quando desejava as férias escolares só pra assistir todos os filmes do Cinema em Casa e da Sessão da Tarde. Ama o MCU, e confia bastante no futuro da DC nos cinemas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close