Bode na Sala
Críticas Destaque Filmes

Goosebumps 2: Halloween Assombrado | Crítica

Goosebumps 2: Halloween Assombrado | Crítica

Goosebumps 2: Halloween Assombrado (Goosebumps 2: Haunted Halloween)

Ano: 2018

Direção: Ari Sandel

Roteiro: Rob Lieber

Elenco: Madison Iseman, Jeremy Ray TaylorCaleel HarrisWendi McLendon-CoveyChris ParnellKen Jeong, Jack Black

Lançado em 2015, Goosebumps: Monstros e Arrepios foi uma interessante surpresa. O longa conseguiu contar uma divertida história de terror para o público infanto-juvenil, trazendo monstros famosos e personagens carismáticos. Em 2018, ou seja, três anos depois, Goosebumps 2: Halloween Assombrado chega aos cinemas, com mudanças no elenco, mas sem se arriscar em inovação.

Baseado nas obras de R.L. Stine, tanto o longa original quanto a sua sequência, mostram as consequências de monstros que saem de dentro de um dos livros do escritor para aterrorizarem o mundo real — se você não assistiu ao original, os longas utilizam-se de metalinguagem, uma vez que o escritor existe dentro das adaptações e é interpretado por Jack Black.

Na trama de Halloween Assombrado, os amigos Sonny (Jeremy Ray Taylor, um dos destaques de It: A Coisa) e Sam (Caleel Harris, o melhor em cena), são os típicos esteriótipos de nerds não-populares da escola que, ao montarem um negócio de recolher tralhas, são chamados para limpar uma assustadora mansão. Lá, eles encontram um manuscrito inacabado de Stine e, obviamente, a bagunça começa.

A dupla acaba libertando Slappy, o encapetado boneco de ventríloquo do primeiro longa que, agora, tem como objetivo dar vida às fantasias de Halloween e, assim, montar uma família (não, não é fofo). Cabe, então, aos amigos, juntamente com Sarah (Madison Iseman), irmã de Sonny, estragar os perversos planos do boneco.

Quando os monstros do Halloween ganham vida, uma divertida explosão de cores toma conta da tela. Na parte visual, mesmo com computações gráficas medianas, Goosebumps 2 se destaca, principalmente pela variedade de personagens que invadem a cidade, gerando bonitos planos que, certamente, irão encher os olhos do público-alvo.

Apesar disso, o longa tem um roteiro batido, sendo um reaproveitamento de diversos outros. E isso não seria um problema, se o diretor Ari Sandel, que substitui Rob Letterman, conseguisse encontrar uma maneira interessante de contar a história. Sarah, por exemplo, era para ser a verdadeira protagonista da trama, mas a personagem é tão má desenvolvida, que não consegue fazer com que nos importemos com ela.

O desfecho do longa também não consegue convencer, ficando sem emoção e de fácil resolução. Além disso, Jack Black é usado rapidamente na história, com uma participação praticamente inútil — parece que esteve em cena somente por questões contratuais. E a ausência do intérprete de R.L. Stine é sentida, uma vez que o Black tem muito mais carisma que os jovens protagonistas da continuação. Apesar disso, é com o ator em cena que temos uma das melhores sacadas de Halloween Assombrado: uma boa piada sobre It: A Coisa.

Repetindo o que deu certo no primeiro longa, mas sem o brilho da equipe anterior, seja do elenco ou do diretor, Goosebumps 2: Halloween Assombrado cumpre o seu objetivo, que é divertir o público infanto-juvenil e entregar uma história animada para o Dia das Bruxas. No entanto, com uma história tão batida e poucos momentos marcantes, o filme será esquecido poucas horas depois da saída do cinema.

Nota do crítico:

 

Nota dos usuários:

[Total: 0    Média: 0/5]


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Curta a nossa página no Facebook!

The following two tabs change content below.
Jornalista e radialista, é um dos fundadores do Bode na Sala. Tem 26 anos, se orgulha de ter nascido em São Borja, no interior do Rio Grande do Sul, e, atualmente, mora em Porto Alegre. Trabalhou em todas as áreas que se pode imaginar, mas acabou caindo no submundo geek. É fã do Jim Carrey, acha que o Ben Affleck é o melhor Batman do cinema, não suporta pseudo-cultismo e pretende dominar o mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close