Bode na Sala
Especiais Netflix Séries

Dica de Quinta | Cinco animes na Netflix que são melhores que muitas séries

Dica de Quinta | Cinco animes na Netflix que são melhores que muitas séries

Animes são produções japonesas que possuem milhões de fãs espalhados pelo mundo. Por vezes, ficamos olhando o catálogo da Netflix em busca de séries para maratonar, mas esses animes possuem uma qualidade tão alta que podem substituí-las facilmente.

Confira:


  • B: The Beginning

Resultado de imagem para the beginning

Quando Keith, um investigador experiente que é tratado quase como lenda no departamento de polícia volta à ativa, um grupo de criminosos começa a ser investigado, mas não apenas pelos detetives, mas também por um ser que se auto declara como “matador B”, escrevendo o suposto nome com sangue, após fazer suas vítimas. Ele mata apenas criminosos da pior espécie, mas acaba sendo alvo da polícia, por estar agindo contra a lei. A premissa parece ser bem simples e clichê, mas a trama é muito mais inventiva e complexa do que aparenta. O serial killer possui habilidades especiais e os inimigos não ficam muito para trás. Aos poucos, com o ótimo desenvolvimento da história, vamos entendendo o que acontece e conhecendo a fundo a vida do assassino e dos outros personagens que o rodeiam. É um anime difícil de definir por gênero, pois possui atributos de horror, fantasia, ficção científica e aventura.


  • One Punch Man

Resultado de imagem para one punch man

Aquele homem que derrota qualquer oponente com um soco só! Saitama é um cara comum que, cansado de sua vida entediante em um emprego que odeia, esbarra em um monstro (sim, monstros são comuns no mundo de One Punch Man) prestes a matar uma criança. Ele decide tomar uma atitude e combater aquele mal. A partir daí Saitama começa a trinar para se tornar um herói. Com um treino rigoroso, mas até viável para um ser humano, ele consegue tanto poder que seu cabelo cai. Mesmo com um desenvolvimento realmente interessante, One Punch Man se destaca principalmente por ser uma espécie de paródia que ridiculariza os animes clássicos shonen, mas com críticas inteligentes na maior parte do tempo.


  • Death Note

Resultado de imagem para death note

Light Yagami é um jovem muito inteligente que, certo dia, esbarra com o Death Note, um caderno que continha informações sobre um suposto poder do objeto: matar qualquer pessoa que o nome esteja escrito. Logo o menino descobre que o caderno é real e junto com ele vem um Shinigami, uma espécie de deus da morte. A primeira temporada é espetacular, contendo tramas absurdas e ótimos duelos intelectuais entre o protagonista e L, um detetive que se torna o antagonista de Light. A segunda temporada não mantém o mesmo nível, mas mesmo assim o anime se sobressai como uma obra interessantíssima.


  • Fullmetal Alchemist: Brotherhood

Resultado de imagem para fullmetal alchemist brotherhood

Edward e Alphonse são irmãos e, ao tentarem reviver sua mãe mexendo com alquimia, acabam realizando um desastre. Edward perde o seu braço e Alphonse o seu corpo, aprisionado em uma armadura. O anime mostra a saga dos dois jovens em busca da Pedra Filosofal, uma relíquia com poderes extremos, que seria capaz de, com ela, recuperar o corpo do menino mais novo. O desenvolvimento dos personagens é espetacular, mostrando a trajetória e a evolução dos dois. O humor é bem colocado, mas a seriedade prevalece, por conta da gravidade da situação. Sem falar que o desfecho cumpre todos os deveres de um final de série.


  • Os Cavaleiros do Zodíaco: The Lost Canvas

Resultado de imagem para the lost canvas

O que poderia ser apenas um spin-off de Cavaleiros dos Zodíaco se tornou uma série de alto nível, dividindo opiniões quando perguntamos qual das duas possui mais qualidade. Tha Lost Canvas conta a história de Temma, um antigo Cavaleiro de Pégaso, que possui uma forte relação com Alone, o hospedeiro de Ades e com Sasha, reencarnação da deusa Athena. Nessa saga podemos acompanhar a trajetória de diversos mestres dos Cavaleiros de Bronze da produção original. A trama é muito bem construída, contendo uma tensão absurda e com batalhas memoráveis, sem aquela enrolação do anime original. O interessante é que, mesmo sendo o protagonista, não há aquela mania de fazê-lo vencer a qualquer custo, como era feito com Seiya. O maior problema do anime é que pararam que fazê-lo não havendo um final até hoje.


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Curta a nossa página no Facebook!

The following two tabs change content below.
Jornalista, pretende seguir carreira como crítico de cinema. Gosta de dar opinião sobre tudo. Reside em Belém Novo, fim do mundo de Porto Alegre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close