Bode na Sala
Críticas Destaque Filmes

Alfa | Crítica

Alfa | Crítica

Resultado de imagem para alfa posterAlfa (Alpha)

Ano: 2018

Direção: Albert Hughes

Elenco: Kodi Smit-McPhee, Jóhannes Haukur Jóhannesson, Marcin Kowalczyk, Jens Hultén, Natassia Malthe, Léonor Varela, Spencer Bogaert

Filmes com uma pegada documentarista normalmente possuem atributos fortes e nítidos, para que uma determinada mensagem seja dita. Um exemplo atual disso é Gabriel e a Montanha, que manteve praticamente todas as pessoas que passar na trajetória de Gabriel antes da sua morte. Eles interpretaram a si mesmos. Em Alfa, a primeira metade da produção parece conter essa intenção, mas a abordagem confusa acaba distorcendo a real mensagem que o longa quer passar.

Alfa conta a história de Keda, um menino membro de uma tribo que habitava a terra há 20 mil anos atrás. O jovem carrega a responsabilidade de suceder futuramente seu pai na linha de comando. A obra dá a entender que o menino não quer aquilo, que ele seria mais dócil e não tão agressivo, mas não há aprofundamento nessas questões. Na verdade, o roteiro não se aprofunda em nada.

A primeira metade introduz a vida daquelas pessoas, já pecando na verossimilhança. É difícil de acreditarmos que eles realmente viveram naquela época, com casacos bem costurados, com couro estampando suas costas. Mesmo assim, poderia ser interessante o que é mostrado, mas não é. O ritmo é lento, arrastado, juntando com a falta de criatividade da história e as péssimas atuações. As narrações também não contribuem com a fluidez, fazendo com que tudo fique ainda mais maçante e entediante.

Quando a história realmente engrena, o filme melhora exponencialmente. A segunda metade, mostrando de fato a relação do protagonista com um lobo, que recebe o nome de Alfa, dá um respiro ao longa, colocando tensão, emoção e, principalmente, ritmo. Os acontecimentos já não se alongam tanto e desfechos começam a surgir. Mesmo não abandonando diversos clichês, o desfecho não é ruim, mas também não salva a produção.

A direção de fotografia a presenta um trabalho interessante, fazendo uma espécie de clareamento, deixando as paisagens nítidas, mas sem brilho. A intenção parece ser mostrar a frieza, tanto de sentimentos, quanto do clima do lugar em que a trama é ambientada. Albert Hughes não traz nada de grandioso na sua direção, mas também não compromete. Os planos são bem filmados e, mesmo sem muitas invenções, o filme acaba sendo bonito de se assistir.

Alfa é uma tentativa de contar uma história que deveria ser emocionante e realista, mostrando a suposta vida de pessoas que estiveram no nosso mundo há mais de 20 mil anos atrás. Não se trata de uma produção desprezível, mas acaba pecando em pontos que não poderia. O longa deveria cativar o interesse do público, com um tema interessante como esse, mas acaba fazendo o contrário com uma primeira metade entediante.

Nota do crítico:

 

Nota dos usuários:

[Total: 1    Média: 5/5]


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Curta a nossa página no Facebook!

The following two tabs change content below.
Jornalista, pretende seguir carreira como crítico de cinema. Gosta de dar opinião sobre tudo. Reside em Belém Novo, fim do mundo de Porto Alegre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close