Bode na Sala
Filmes Notícias

Rub & Tug | Após críticas, Scarlett Johansson desiste de interpretar homem trans

Longa ainda não tem previsão de estreia!

Rub & Tug | Após críticas, Scarlett Johansson desiste de interpretar homem trans

Scarlett Johansson, em entrevista à Out Magazine, revelou que não vai mais participar de Rub & Tug, filme no qual ela interpretaria Dante “Tex” Gill, um homem trans que comanda salões de massagens que servem de fachadas para bordéis ilegais nos anos 1970.

De acordo com a publicação, o motivo de sua saída teriam sido as críticas que caíram sobre a atriz após ela ser confirmada no papel. Ativistas LGBT reclamaram porque sua contratação significava tirar uma das poucas oportunidades de atrizes e atores trans de serem escalados em papéis na indústria cinematográfica.

“Por causa de questões éticas levantadas recentemente em relação à minha escalação como Dante “Tex” Gill, eu decidi respeitosamente retirar minha participação neste projeto. Nosso entendimento cultural de pessoas transgêneros continua progredindo, e eu aprendi muito com a comunidade [LGBTQ+] desde que o primeiro anunciamento da minha contratação foi feito — percebi que foi insensível. Eu admiro e amo muito a comunidade trans e sou grata que o debate sobre diversidade em Hollywood continua. De acordo com o GLAAD, personagens LGBTQ+ caíram em 40% em 2017, com nenhuma representação de personagens trans em filmes grandes”, disse Johansson.

A atriz disse que entende o motivo para muitas pessoas quererem que o personagem seja interpretado por alguém trans e que, graças ao debate sobre sua participação no filme, mais conversas sobre diversidade e representatividade em filmes surgiram.

Rub & Tug é produzido por Tobey Maguire e ainda não tem previsão de estreia.


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Curta a nossa página no Facebook!

The following two tabs change content below.
Jornalista e radialista, é um dos fundadores do Bode na Sala. Tem 26 anos, se orgulha de ter nascido em São Borja, no interior do Rio Grande do Sul, e, atualmente, mora em Porto Alegre. Trabalhou em todas as áreas que se pode imaginar, mas acabou caindo no submundo geek. É fã do Jim Carrey, acha que o Ben Affleck é o melhor Batman do cinema, não suporta pseudo-cultismo e pretende dominar o mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close