Bode na Sala
Filmes Notícias

Departamento de Justiça dos Estados Unidos permite compra da Fox pela Disney

Mickey vai ter que esperar um pouco mais

Departamento de Justiça dos Estados Unidos permite compra da Fox pela Disney

Segundo a Variety, a oferta de US$ 71,3 bilhões da Disney para a compra de inúmeras propriedades do grupo 21st Century Fox, sobrepondo a oferta rival feita pela Comcast, foi aprovada após bloqueio da Divisão Antitruste do Departamento de Justiça norte-americano; a mesma divisão já tinha bloqueado a fusão do grupo Time Warner com a AT&T. A lei antitruste tem como objetivo impedir a criação de monopólios, o que é considerado um ambiente anti competitivo e prejudicar a livre concorrência.

O Departamento de Justiça entrou com uma ação na quarta-feira em corte federal para impedir que a Disney comprasse os 22 canais regionais de esporte da Fox. O chefe da divisão antitruste Makan Delrahim e outros oficiais do Departamento argumentaram que a posse da Disney sobre os canais da gigante ESPN e a possível aquisição dos 22 canais, que têm 61 milhões de assinantes, criaria um ambiente anti competitivo.

A Disney aceitou abrir mão dos canais esportivos para poder prosseguir com a aquisição da Fox. A empresa disse que o acordo com o Departamento de Justiça ditou até 90 dias para que a compra seja fechada.

A venda da 21st Century Fox de grande parte de suas propriedades foi anunciada em dezembro e despertou o interesse dos grupos The Walt Disney Company e Comcast, detentora da Universal Studios, NBC e Dreamworks. Com sua última oferta avaliada em US$ 65 bilhões, a Comcast foi vencida pela Disney com a oferta final de US$ 71,3 bilhões. Uma resposta da Comcast ainda é esperada.

Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Curta a nossa página no Facebook!

The following two tabs change content below.
Estudante de jornalismo, tem 20 anos e é assistidor de séries semi profissional. Fissurado em cinema desde sempre, nunca trabalhou na área e pretende mudar isso algum dia. Fã do Studio Ghibli e de musicais, é fissurado no cinema sul-coreano e nas suas formas de vingança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close