Bode na Sala
Especiais Filmes Netflix

Dica de Quinta | Cinco clássicos dos anos 80 para assistir na Netflix

Essa é a chance perfeita de revisitar essa nostálgica época!

Dica de Quinta | Cinco clássicos dos anos 80 para assistir na Netflix

Depois de uma seleção de clássicos dos anos 70 (leia mais), optamos por selecionar grandes filmes da década seguinte para apreciar na Netflix. Uma das décadas mais influentes para a cultura atual, os anos 80 são cheios de filmes icônicos, e é uma época em que frases marcantes surgiram e estão presentes até hoje na vida do público. Pensando nisso, selecionamos alguns dos filmes mais importantes dos anos 80, mas de gêneros diferentes. Tem filme de terror, de comédia, de mafiosos, tem filme pra tudo que é gosto!

  • Scarface (1983)

“Say ‘hello’ to my little friend”. Um filme que dispensa apresentações, o Scarface de 1983 (porque existe outro, de 1932) é um dos maiores filmes de máfia já realizados. A história de como o cubano Tony Montana (Al Pacino) se tornou um chefão do tráfico de drogas foi contada com muito palavrão (foram registrados 226 “fuck” durante os 170 minutos de filme), muita violência e muita cocaína – há quem acredite que usaram cocaína de verdade no filme, mas isso nunca foi comprovado. Além disso, o longa é um retrato dos anos 70 e do que o sonho americano pode se tornar, já que o próprio Montana é levado à ruína por conta de seus atos. O filme de Brian De Palma ainda conta com Michelle Pfeiffer como Elvira Hancock, a icônica esposa viciada de Tony.


  • Clube dos Cinco (1985)

Andrew, Brian, John, Allison e Claire são cinco estudantes que precisam passar uma manhã de sábado na detenção em função de pequenos delitos que cometeram durante a semana na escola. Para piorar, o diretor da escola, que faz as vezes do “carcereiro”, exige que escrevam uma extensa redação falando sobre o que cada um pensa de si. Visto que os cinco jovens possuem personalidades absolutamente distintas, o conflito inicial é inevitável. O “atleta”, a “estranha”, o “bad-boy”, a “patricinha” e o “nerd” (como se fossem reduzidos a isso) pertencem a grupos diferentes (ou a nenhum grupo) e este momento de pressão faz aflorar seus sentimentos e angústias que, ao serem expostos para os outros, acabam mostrando que, no final das contas, eles eram mais parecidos do que imaginavam. Este clássico de John Hughes também é conhecido por imortalizar a canção “Don’t You (Forget About Me)”, do Simple Minds.


  • Os Caçadores da Arca Perdida (1981)

Os Caçadores da Arca Perdida é, mesmo 37 anos após o seu lançamento, um dos melhores filmes de aventura já feitos. Diversas sequências dele se tornaram tão icônicas que seguem sendo referenciadas em inúmeras produções, ano após ano. A fuga da bola de pedra no templo, o chapéu de Indiana Jones (Harrison Ford) sendo salvo pelo mesmo enquanto a porta se fecha, o confronto com o espadachim e seu final inesperado, apenas para citar alguns momentos memoráveis. O clássico de Steven Spielberg ainda é referenciado por fãs de toda a cultura pop e gerou uma das franquias mais famosas do cinema, com três continuações e mais um filme a caminho. Prepare a pipoca e o sofá e aproveite este clássico oitentista em toda sua glória!


  • Apertem os Cintos, o Piloto Sumiu! (1980)

Antes de Todo Mundo em Pânico cair nas graças do público, os diretores Jim AbrahamsDavid Zucker Jerry Zucker criaram aquela que é considerada por muitos como a mãe dos filmes-paródia: Apertem os Cintos, o Piloto Sumiu! Esta obra-prima do gênero é uma sátira aos filmes de desastres aéreos, e conseguiu unir perfeitamente o humor pastelão, o humor negro e nonsense, tudo em perfeita harmonia. A trama segue um ex-combatente da guerra (nunca especificada) que pega um avião para se reconciliar com uma aeromoça que é a sua amada, e no meio disso, uma intoxicação alimentar atinge os passageiros que comeram o peixe que era servido. O filme é responsável por dar uma guinada na carreira de Leslie Nielsen, que passou a ser requisitado em filmes de comédia e fez o seu nome no gênero.


  • O Enigma de Outro Mundo (1982)

Protagonizado por Kurt Russell e com trilha do sempre extraordinário Ennio Morricone, O Enigma de Outro Mundo começa com cientistas da estação polar científica americana se deparando com um misterioso cadáver com dois rostos. Não demora muito para eles perceberem que estão diante de uma apavorante ameaça alienígena que assume a forma de suas vítimas, dando início a um tenso conflito em que ninguém pode confiar em ninguém. Clássico absoluto de John CarpenterO Enigma de Outro Mundo é um marco para os efeitos práticos no cinema, onde ainda não havia espaço para o CGI, tendo realizado feitos inimagináveis e marcantes para a época. As imagens aterrorizantes não saem da cabeça tão cedo.

The following two tabs change content below.

João Vitor Hudson

João Vitor Hudson é um editor de vídeos que está se formando em Publicidade & Propaganda aos 21. Ama cinema desde quando desejava as férias escolares só pra assistir todos os filmes do Cinema em Casa e da Sessão da Tarde. Ainda não possui o hábito de ver filmes de terror e é um pouco leigo quando se trata de cinema nacional, mas é um carinha boa praça que não dispensa ver um filme. Fã confesso do Nolan, Aronofsky e da Pixar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close