Bode na Sala
Críticas Filmes

Ella e John | Crítica

Confira a opinião de Carlos Redel sobre o longa estrelado por  Helen Mirren e Donald Sutherland!

Ella e John | Crítica

Ella e John (The Leisure Seeker)

Ano: 2017

Direção: Paolo Virzì

Roteiro: Stephen AmidonFrancesca ArchibugiFrancesco PiccoloPaolo Virzì

Elenco: Helen MirrenDonald SutherlandChristian McKayJanel Moloney, Dana Ivey

Um casal de idosos, Ella (Helen Mirren) e John (Donald Sutherland), decide pegar a estrada a bordo de seu velho trailer, O Caçador de Lazer (que dá o título original ao longa, The Leisure Seeker). O motivo? Conhecer a casa de Ernest Hemingway, o maior ídolo de John, antes que este — devido ao Alzheimer — se esqueça completamente de quem é.

O drama, leve e com bons toques de humor, traz aquilo que todo bom road movie precisa: aprofundamento dos personagens em cada quilômetro rodado. Apesar dos protagonistas não terem grandes descobertas sobre si mesmos por quase toda a trama, o espectador é quem passa por esse processo, conhecendo cada vez mais a história de Ella e John — e se apegando a eles.

Os diálogos expositivos, que em outra produção seria um grande demérito, aqui, com o problema cognitivo de John, é completamente justificável. O diretor italiano Paolo Virzì, fazendo a sua estreia em uma produção norte-americana, consegue dosar tudo com bastante atenção, sem extrapolar na dramaticidade ou na comédia. Além disso, o cineasta traz momentos memoráveis, como quando John entra em um comício de Donald Trump, mostrando que só quem não está em plenas faculdades mentais poderia compactuar com aquela situação. Virzì também fala sobre a sexualidade na terceira idade, em um momento lindo e extremamente bem encaixado na trama.

Enquanto a história de amor entre Ella e John vai sendo explicada, toda a devoção que um sente pelo outro consegue ser transmitida para o espectador de maneira tão natural que, em apenas alguns minutos de projeção, já estamos fisgados pela dupla. John, um galante ex-professor de literatura, e Ella, uma espirituosa e jovial senhora, ambos de jeitos diferentes, se completam de maneira impecável.

Obviamente, o objetivo da viagem é que ambos tenham, antes de seus derradeiros destinos, uma última aventura juntos — e isso acaba enlouquecendo os seus filhos, mas tudo bem. Claro, nem tudo é só elogios. Diversos momentos, mesmo que interessantes para a trama, acabam se alongando demais, prejudicando o bom ritmo do longa.

Mas o melhor ficou para o final: Sutherland e Mirren estão impecáveis. Ele consegue demonstrar toda a limitação de sua doença, lutando contra ela e conseguindo transitar entre momentos de sobriedade e esquecimentos, sem ser caricaturesco. Mirren, por sua vez, demonstra toda a sua admiração pelo marido, mas sem deixar de se mostrar incomodada, por diversas vezes, pelo esquecimento de John — além de dores preocupantes, que indicam um grave problema de saúde. O filme é dos dois. A câmera de Virzì, sempre enquadrando os rostos do casal, não deixa dúvidas do talento da dupla, além da química invejável.

O final, agridoce, mas não abaixo do esperado, visto a paixão entre os dois, consegue mesclar emoção e alívio, provando que aquele sentimento tão lindo entre Ella e John consegue transpor qualquer barreira. O corpo e a mente humana, infelizmente, não se mantém fortes para sempre. O amor, principalmente aquele tão puro quanto o de Ella e John, não tem limites.

Nota do crítico:

 

Nota dos usuários:

[Total: 2    Média: 4.5/5]


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Curta a nossa página no Facebook!

 

The following two tabs change content below.
Jornalista e radialista, é um dos fundadores do Bode na Sala. Tem 26 anos, se orgulha de ter nascido em São Borja, no interior do Rio Grande do Sul, e, atualmente, mora em Porto Alegre. Trabalhou em todas as áreas que se pode imaginar, mas acabou caindo no submundo geek. É fã do Jim Carrey, acha que o Ben Affleck é o melhor Batman do cinema, não suporta pseudo-cultismo e pretende dominar o mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close