Bode na Sala
Filmes Notícias

Festival de Berlim | Dois brasileiros vencem premiação LGBT do festival alemão de cinema

Prêmio Teddy também é conhecido como "Urso de Ouro LGBT"

Festival de Berlim | Dois brasileiros vencem premiação LGBT do festival alemão de cinema

O Brasil foi bem representado no Festival de Berlim deste ano, e acaba de ser reconhecido. O Prêmio Teddy, que é entregue todo ano no festival, é um prêmio dedicado a filmes que possuam temáticas ligadas ao público LGBT, e foi carinhosamente apelidado de Urso de Ouro LGBT (em referência ao principal prêmio do festival), e em 2018, dois longas brasileiros foram premiados em duas categorias.

O primeiro deles é o filme gaúcho Tinta Bruta, que venceu na categoria de ficção o prêmio. Dirigido por Filipe MatzembacherMárcio Reolon (ambos de Beira-Mar), o longa conta a história de um jovem problemático que passa a fazer apresentações anônimas de dança na internet sob o codinome de GarotoNeon. Assista ao trailer abaixo:

O segundo longa premiado foi na categoria de documentário, e se trata de Bixa Travesty. Com direção de Claudia Priscilla Kiko Goifman, o filme mostra um olhar político do corpo da cantora negra transexual MC Linn da Quebrada, além de documentar sua luta constante pela desconstrução dos esteriótipos de gênero, raça e classe social. Veja o trailer abaixo:

Nenhum dos filmes possui previsão de lançamento comercial nos cinemas.


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Curta a nossa página no Facebook!

The following two tabs change content below.

João Vitor Hudson

João Vitor Hudson é um publicitário aos 22 anos. Ama cinema desde quando desejava as férias escolares só pra assistir todos os filmes do Cinema em Casa e da Sessão da Tarde. Ama o MCU, e confia bastante no futuro da DC nos cinemas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close