Bode na Sala
Filmes Netflix Notícias

The Irishman | Filme de Martin Scorsese para a Netflix deve se tornar o mais caro da carreira do cineasta

Orçamento do longa já ultrapassou os US$ 140 milhões!

The Irishman | Filme de Martin Scorsese para a Netflix deve se tornar o mais caro da carreira do cineasta

The Irishmanlonga dirigido por Martin Scorsese para a Netflix, pode ser o mais caro da carreira do cineasta. De acordo com o Deadline, o orçamento do longa já ultrapassou os US$ 140 milhões. A publicação afirma que o custo se deve ao processo que rejuvenescerá Robert De Niro em alguns trechos do filme. A Industrial Light & Magic será responsável pelos efeitos visuais, usando a mesma tecnologia desenvolvida em O Curioso Caso de Benjamin Button.

Inicialmente, Scorsese faria The Irishman na Paramount, mas o estúdio não concordou com o orçamento exigido pela produção. O cineasta então vendeu os direitos do longa para a Netflix, que fechou um orçamento de US$ 125 milhões. No entanto, com o custo do longa girando em torno de US$ 140 milhões antes da pós-produção, é possível que esse se torne o filme mais caro de Scorsese, passando os US$ 150 milhões gastos em A Invenção de Hugo Cabret. Quando fechou o acordo com o serviço de streaming, porém, já se falava que o orçamento total poderia passar dos US$ 150 milhões para a realização dos efeitos visuais.

O longa adaptará  livro I Heard You Paint Houses, que conta a história do real mafioso Frank “The Irishman” Sheeran. Além de De Niro, Al Pacino e Joe Pesci também estão no elenco do filme. Ainda não há previsão de estreia de The Irishman chegará ao catálogo da Netflix, mas deverá ser entre 2018 e 2019.


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Curta a nossa página no Facebook!

The following two tabs change content below.
Jornalista e radialista, é um dos fundadores do Bode na Sala. Tem 25 anos, se orgulha de ter nascido em São Borja, no interior do Rio Grande do Sul, e, atualmente, mora em Porto Alegre. Trabalhou em todas as áreas que se pode imaginar, mas acabou caindo no submundo geek. É fã do Jim Carrey, acha que o Ben Affleck é o melhor Batman do cinema, não suporta pseudo-cultismo e pretende dominar o mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *