Bode na Sala
Filmes Notícias

Star Wars: Os Últimos Jedi | Grupo de direita afirma ter usado bots para baixar nota do filme no Rotten Tomatoes

Entre as reclamações do grupo, está a de "introduzir mais personagens femininas no universo da franquia"...

Star Wars: Os Últimos Jedi | Grupo de direita afirma ter usado bots para baixar nota do filme no Rotten Tomatoes

No Rotten Tomatoes, Star Wars: Os Últimos Jedi foi considerado como “podre” pelo público, conquistando aprovação de 54% dos votantes, apesar de ter 93% de avalições positivas por parte dos críticos. O site agregador de notas disse, anteriormente, que não foi identificada nenhuma atividade fora do normal na nota conquistada pelo filme de Rian Johnson, apesar das dúvidas levantadas.

No entanto, um grupo político está reconhecendo que inundou o sistema de votação com bots para influenciar o resultado negativo do filme. Em entrevista ao Huffington Post, um dos moderadores do Down With Disney’s Treatment of Franchises and its Fanboys (“Abaixo a Disney e seu tratamento das franquias e dos fãs”), um grupo que se denomina como “direita alternativa”, assumiu que houve um movimento com perfis falsos para puxar a nota do filme para baixo.

O moderador acusa a Disney de “introduzir mais personagens femininas no universo da franquia”, de tornar Poe Dameron uma “vítima do movimento anti-mansplaining”, e destaca o “perigo” de transformar Poe e Luke “em gays”. Para o entrevistado, homens “devem ser recolocados como os senhores da sociedade”.

Rotten Tomatoes diz que está encarando “muito seriamente” a declaração e que tem “um time de experts em segurança, rede social e base de dados monitorando” as plataformas do site.

Com direção de Rian Johnson, Star Wars: Os Últimos Jedi já está em cartaz nos cinemas nacionais. Confira a nossa crítica aqui!


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Curta a nossa página no Facebook!

The following two tabs change content below.
Jornalista e radialista, é um dos fundadores do Bode na Sala. Tem 25 anos, se orgulha de ter nascido em São Borja, no interior do Rio Grande do Sul, e, atualmente, mora em Porto Alegre. Trabalhou em todas as áreas que se pode imaginar, mas acabou caindo no submundo geek. É fã do Jim Carrey, acha que o Ben Affleck é o melhor Batman do cinema, não suporta pseudo-cultismo e pretende dominar o mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close