Bode na Sala
Críticas Filmes

Your Name | Crítica

Your Name | Crítica

Your Name (Kimi no na wa.)

Ano: 2016

Roteiro: Makoto Shinkai

Direção: Makoto Shinkai

Elenco: Ryûnosuke Kamiki, Mone Kamishiraishi, Masami Nagasawa, Etsuko Ichihara, Aoi Yūki, Kaito Ishikawa, Kazuhiko Inoue, Etsuko Ichihara

A premissa da troca de corpos já foi muito utilizada em produções cinematográficas, como em Sexta-Feira Muito Louca e Eu Queria ter a sua Vida, ou no nacional Se Eu Fosse Você. Na maioria das vezes, são filmes de comédia, com uma mensagem por trás. Your Name eleva o assunto, colocando em um anime toda a dramaticidade que seria necessária para fazer com que o espectador realmente se importasse com os personagens e com a trama, que apesar de simples, consegue ser complexa.

A história gira em torno de dois adolescentes: Mitsuha, uma menina que reside em uma cidade pequena no Japão e Taki, jovem morador de Tokyo, com uma rotina desgastante conciliando trabalho e estudo. Eles acabam trocando de corpo quando um cometa passa perto da terra e fica visível a olho nu. O roteiro consegue inovar em cima dessa premissa batida, colocando um ritmo diferente. O longa mostra por vezes um dos dois em sua vida normal, depois muda para um dele no corpo do outro. Deixa tudo aquilo mais divertido, sem se tornar desgastante. O filme poderia ser todo daquela forma.

O ritmo do longa é intenso e poucas vezes não há algo importante acontecendo. Os eventos são interligados para dar fluidez à história. Os traços da animação são impecáveis, contendo a impressão de que há um 3D em determinados momentos, mas se trata da nitidez das paisagens reproduzidas. Tudo é muito bonito e parece que foi retirado de uma paisagem real e pintado, recolocado no anime. Rimas narrativas são colocadas em tela, mas sempre com propósitos que dão ainda mais brilhantismo aos aspectos técnicos do longa, e faz com que a história seja contada de forma criativa.

A construção dos personagens beira à perfeição. É possível entender e se identificar com todas as angústias e sonhos de cada um, mesmo que os coadjuvantes não contenham muito peso narrativo, servindo de muletas. Porém, o que importa mesmo são os dois envolvidos na trama, e isso fica claro desde o início. Diversos questionamentos são levantados, como a crença religiosa excessiva, a vida e a rotina nas cidades grandes, a limitação do conhecimento. O filme possui algumas camadas de entendimento, que podem ser absorvidas com pouca reflexão, as coisas são colocadas de forma simples, o que deixa tudo ainda melhor.

O anime lida com assuntos científicos misturados com ficção e, consegue reproduzir com eficiência o que Donnie Darko não conseguiu. Não se trata do mesmo tema específico, mas há uma facilidade de compreensão sem que as coisas sejam mastigadas e explicadas de forma excessiva. O roteiro fez com que assuntos complexos da ficção científica pudessem ser absorvidos por qualquer pessoa sem o mínimo de conhecimento.

Your Name trata de temas extremamente humanos misturados com uma trama intensa, contendo diversos elementos da ficção científica, sem confundir o espectador. Defeitos podem ser interpretativos, mas, tecnicamente é um filme impecável. Roteiro, direção, animação. Se trata de um grande anime que tem a intenção de ser simples e complexo ao mesmo tempo, sem deixar de ser sensível em determinados momentos.

Nota do crítico:

Nota do público:

[Total: 2    Média: 5/5]

The following two tabs change content below.
Jornalista, pretende seguir carreira como crítico de cinema. Gosta de dar opinião sobre tudo. Reside em Belém Novo, fim do mundo de Porto Alegre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close