Bode na Sala
Filmes Notícias

Star Wars: Os Últimos Jedi | Disney impõe regras rígidas para os cinemas que quiserem exibir o filme

Longa chega aos cinemas nacionais em 14 de dezembro!

Star Wars: Os Últimos Jedi | Disney impõe regras rígidas para os cinemas que quiserem exibir o filme

De acordo com o Wall Street Journal, os cinemas que quiserem exibir Star Wars: Os Últimos Jedi terão que seguir umas série de regras estabelecidas pela Disney. Para começar, o estúdio exigirá 65% da bilheteria de todos os cinemas que passarem o longa, um aumento de 1% em relação a exigência dos últimos dois filmes da saga, O Despertar da Força e Rogue One.

Além disso, nenhum estabelecimento poderá promover o longa sem a aprovação da empresa do Mickey. Outra exigência da Disney é que Os Últimos Jedi esteja disponível nas maiores salas dos cinemas que forem exibi-lo. E o filme deve ficar em cartaz nelas por, pelo menos, quatro semanas, regra que valia também para os dois filmes anteriores.

Qualquer cinema que violar alguma das condições estabelecidas pela empresa poderá ser punido e perder mais 5% da bilheteria, fazendo com que a Disney embolse 70% do total arrecadado.

Para que todas as regras passem a valer, o filme precisa render pelo menos US$ 500 milhões, somando bilheteria dos Estados Unidos e do Canadá, algo que provavelmente acontecerá. O Despertar da Força, por exemplo, somou US$ 936 milhões somente nos EUA.

Dirigido por Rian Johnson, Star Wars: Os Últimos Jedi chega aos cinemas nacionais em 14 de dezembro.


Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre filmes e séries? Curta a nossa página no Facebook!

The following two tabs change content below.
Jornalista e radialista, é um dos fundadores do Bode na Sala. Tem 25 anos, se orgulha de ter nascido em São Borja, no interior do Rio Grande do Sul, e, atualmente, mora em Porto Alegre. Trabalhou em todas as áreas que se pode imaginar, mas acabou caindo no submundo geek. É fã do Jim Carrey, acha que o Ben Affleck é o melhor Batman do cinema, não suporta pseudo-cultismo e pretende dominar o mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *