Bode na Sala
Críticas Filmes

Duas de Mim | Crítica

Duas de Mim | Crítica

Duas de Mim Resultado de imagem para duas de mim filme

Ano: 2017

Direção: Cininha de Paula

Roteiro: Carolina CastroL.G. Bayão

Elenco: Thalita Carauta, Latino, Alessandra Maestrini, Letícia Lima, Maria Gladys, Márcio Garcia, Luma Costa, Polly Marinho

Não é de hoje que longas da Globo Filmes travestidos de comédias tentam retratar, de forma pejorativa, preconceituosa e generalista, as pessoas pobres que residem em periferias. Todos os estereótipos já conhecidos estão presentes, muitas vezes em um único personagem. Além disso, a criação dos nomes dos personagens também possui a intenção de fazer humor com generalizações burras e infantis.

A história conta a trajetória de Suryellen, interpretada por Thalita Carauta, uma mãe solteira que entrega marmitas e também lava pratos em um restaurante. A sua rotina é mostrada, acompanhada da música Cotidiano, na versão de Seu Jorge. É a trilha mais clichê possível para retratar o dia a dia da protagonista. A trama segue para o esgotamento da personagem, quando ela não aguenta mais cuidar do filho, trabalhar e ainda se preocupar com a casa. Então, ela encontra uma confeiteira, que diz ter um bolo mágico, realizando qualquer desejo.

Ao comer o bolo desejando ser duas pessoas iguais, uma cópia sua surge, mas com uma personalidade totalmente diferente. Além de ser uma trama comum em diversos filmes, a narrativa atrapalha ainda mais, com diversos problemas na montagem. Inclusive, esses erros ficam nítidos nos primeiros minutos do filme. O roteiro não se preocupa em desenvolver os personagens, pois todos eles são estereotipados, mostrando a preguiça na realização do longa. Existe a mãe da protagonista, uma idosa que só quer saber de ver novela, a irmã adolescente irresponsável, o colega de trabalho que gosta de Suryellen, a chefe cruel e arrogante, sempre de nariz empinado, além de outros secundários.

Ao decorrer da história, que vai sendo menos atrativa a cada minuto que passa, a falta de criatividade fica nítida em diálogos e situações de vergonha alheia. A produção conseguiu realizar inúmeras piadas ofensivas e preconceituosas e apelar para um humor físico que não faz sentido no contexto apresentado. Fica difícil escolher qual ato é mais problemático, mas o desfecho é tão ruim e previsível que acaba refletindo todo o resto do filme.

Duas de Mim é uma comédia sem graça nenhuma, com um roteiro desconexo e incoerente, além de apresentar atuações terríveis e péssimos personagens. Lembrando também que o Latino está no elenco, interpretando Chicão, um cover do próprio artista. A cena de encerramento mostra que, mesmo a trama sendo muito ruim, nada sendo apresentado de forma correta, pode ter alguma coisa que consegue jogar ainda mais para baixo a qualidade de uma produção.

Nota do crítico:

Nota dos usuários:

[Total: 4    Média: 3.3/5]

The following two tabs change content below.
Estudante de Jornalismo, formado em Programação. Fanático por Cinema, começou a gostar mesmo da sétima arte depois de velho. Estuda por conta própria e pretende seguir “carreira” como Crítico de Cinema.

Latest posts by Rafael Bernardes (see all)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *