Bode na Sala
Críticas Séries

Game of Thrones – 7×07: The Dragon and the Wolf | Crítica

Game of Thrones – 7×07: The Dragon and the Wolf | Crítica

Game of Thrones – 7ª Temporada

Ano: 2017

Criadores: David BenioffD.B. Weiss

Elenco: Peter DinklageKit Harington, Emilia ClarkeLena HeadeyNikolaj Coster-WaldauSophie Turner

[Essa crítica possui spoilers]

Depois de um episódio complicado tanto tecnicamente, quanto na questão de fidelidade à proposta original de Game of Thrones, o fechamento faz bem o seu papel e reencontra a alma da produção. A série sempre mesclou muito bem a política com a ação e fantasia, tornando episódios encantadores por conta dos efeitos especiais, da tensão e dos diálogos espetaculares. No sétimo episódio dessa temporada inconstante, conseguimos acompanhar o desfecho de arcos como a saga de Winterfel e ótimos ganchos para o último ano da obra.

Depois de capturar um zumbi, a turma de Daenerys chega à Porto Real, para provar que os mortos realmente existem e podem acabar com todos os vivos. A volta de ótimos diálogos acontece nesse momento, quando a política está em foco e as negociações são complicadas. Jon Snow mostra toda a sua honra (ou burrice) ao se negar a ficar de fora da guerra contra Cersei. A fotografia do episódio, com uma coloração amarelada na maior parte do tempo (principalmente no sul) mostra os últimos raios de sol antes do inverno chegar em Porto Real.

Os planos abertos são muito bem aplicados, dando dimensão às imagens e mostrando a amplitude de determinadas cenas. As atuações de Peter Dinklage e Lena Headey em uma das poucas vezes em que contracenaram juntos e sem mais ninguém, são espetaculares. Os atores entregam um dos melhores momentos da temporada, com ótimos diálogo e expressões vivas em seus rostos. Quando Peter está furioso e sua voz embarga, evidenciando a emoção de sua fala, é o ponto alto que mostra o excelente ator que ele é.

Diversos momentos de clímax estiveram presentes em tela, como o desfecho da trama de Winterfel. Petyr Baelish achou que estava fazendo a cabeça de Sansa contra sua irmã, mas a personagem já está ciente de suas artimanhas, revidando a investida de Mindinho e condenando-o à morte. A sentença foi aplicada por Arya, que seria a vítima dos planos do manipulador. Interessante essa escolha, justamente por conta da reviravolta.

Teon Greyjoy e Jon Snow conversam sobre família e o Rei do Norte aconselha seu irmão de criação a ir atrás de sua irmã e aceitar que o mesmo possui duas casas (Stark e Greyjoy).  A cena de Teon confrontando seus conterrâneos para tentar resgatar sua irmã é bem realizada, mas o alívio cômico foi exagerado. Mesmo assim, o personagem conseguiu sua redenção. Os diálogos entre Cersei e Jaime no confronto de pensamentos são excelentes. A personagem humilha seu irmão, que desafia a sua autoridade e decide parar de lutar ao lado da rainha. Com isso, o cavaleiro Lannister assumiu um bom rumo, pois os acontecimentos não estavam fazendo jus ao personagem, que estava se tornando omisso em relação às decisões de sua irmã.

Outro ótimo momento foi a revelação de que Jon é na verdade Aegon Targaryen, herdeiro legítimo do Trono de Ferro. O momento foi realizado de forma brilhante, mesclando o nascimento do personagem com a cena de sexo entre ele e Daenerys. A relação entre os dois não faz muito sentido, por conta dos problemas da narrativa ao construir o romance nessa temporada, mas o momento foi propício e essa junção de fatos evidencia o que todos esperavam.

Por fim, a queda da muralha! Com um exército enorme, o Rei da Noite montou em seu dragão zumbi e derrubou a única coisa que os impedia de ameaçar de fato os humanos. Os efeitos especiais estão sensacionais, tornando o dragão uma criatura crível e seu “fogo gelado” convence ao destruir a muralha. Que fechamento de episódio e encerramento de temporada!

Nota do crítico:

Nota dos usuários:

[Total: 2    Média: 5/5]

The following two tabs change content below.
Jornalista, pretende seguir carreira como crítico de cinema. Gosta de dar opinião sobre tudo. Reside em Belém Novo, fim do mundo de Porto Alegre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close