Bode na Sala
Filmes Notícias

Luc Besson, diretor de Valerian e Lucy, critica Capitão América: “Propaganda patriota”

Cineasta se diz cansado dos filmes de super-heróis!

Luc Besson, diretor de Valerian e Lucy, critica Capitão América: “Propaganda patriota”

Luc Besson, diretor francês que está lançando Valerian e a Cidade dos Mil Planetas e que tem em seu currículo filmes como O Profissional, NikitaLucy e O Quinto Elemento, em entrevista ao Comic Book Movie, criticou duramente os heróis da Marvel, principalmente o Capitão América.

“O que mais me incomoda é que esses heróis sempre estão aqui para mostrar a supremacia dos EUA e como eles são ótimos. Por que só os Estados Unidos tem heróis? Qual outro país no mundo teria a autoestima necessária para chamar um herói de Capitão América? Capitão Brasil? Capitão França? Ninguém é tão arrogante”, afirmou o diretor.

“Os Estados Unidos não tem esse senso de vergonha. Você chama um herói de Capitão América e eles acham normal. Não estou aqui para filmar propaganda patriota, estou aqui para contar uma história”, disse.

Besson ainda comentou estar cansado dos longas de heróis: “Foi ótimo há 10 anos, quando vimos o primeiro Homem-Aranha e o primeiro Homem de Ferro. Mas agora é o número cinco, seis e sete, o super-herói está trabalhando com outro super-herói, mas não é a mesma família. Estou perdido”.

Valerian e a Cidade dos Mil Planetas está em exibição nos cinemas nacionais.

 

The following two tabs change content below.
Jornalista e radialista, é um dos fundadores do Bode na Sala. Tem 25 anos, se orgulha de ter nascido em São Borja, no interior do Rio Grande do Sul, e, atualmente, mora em Porto Alegre. Trabalhou em todas as áreas que se pode imaginar, mas acabou caindo no submundo geek. É fã do Jim Carrey, acha que o Ben Affleck é o melhor Batman do cinema, não suporta pseudo-cultismo e pretende dominar o mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *