Bode na Sala
Séries TV

Os esnobados do Emmy 2017

Os esnobados do Emmy 2017

Todo os anos, quando os indicados ao Emmy são anunciados, muitas das nossas séries favoritas acabam ficando de fora. Em 2017, não foi diferente. A televisão está repleta de programas com narrativas diversas e episódios inovadores, são tantas tramas que é impossível acompanhar e destacar todas. Com um número limitado de indicações, o Emmy é um alvo fácil para deixar alguém de lado.

De séries de suspense a comédias nem tão famosas, aqui vão os nossos tristes esnobados da premiação que ocorre no dia 17 de setembro.

Transparent (Amazon, 2014)

Jeffrey Tambor, vencedor do último Emmy de melhor ator de comédia, foi mais uma vez nomeado pelo papel. O que ninguém engoliu foi a trama ter sido excluída da categoria de melhor série de comédia depois de duas nomeações nos últimos anos. Era óbvio que Atlanta deveria estrear na lista e Modern Family ficar de fora, porém a novata estacionou precisamente na vaga de Transparent.

The Americans (FX, 2013)

Depois de finalmente entrar na disputa como melhor série dramática no ano passado, o drama de espionagem parecia ter ganhado reconhecimento da Academia. Acontece que The Americans voltou a ser ignorada. O programa teve que se contentar com as indicações para os protagonistas Keri Russell e Matthew Rhys.

Mr. Robot (USA Network, 2015)

A estrela de Mr. Robot, Rami Malek, teve a sua segunda temporada esnobada. O ator já tinha vencido a categoria de melhor ator em série dramática em 2016, o que deixou todo mundo surpreso por ser a sua primeira indicação. Desta vez, não rolou para Malek e nem para Mr. Robot, que conquistou apenas uma nomeação de ator convidado para BD Wong.

The Leftlovers (HBO, 2014-2017)

A grande ausência da premiação, o drama sobre o sumiço repentino de 2% da população mundial, acabou de perder a sua última grande chance no Emmy. O programa chegou ao fim na terceira temporada merecendo muito mais que uma única indicação para Ann Dowd. O trabalho espetacular da atriz Carrie Coon também não foi reconhecido e ela acabou sendo indicada por Fargo. Provando que ainda existe justiça nesse mundo.

Girls (HBO, 2012-2017)

Em um ano com temporadas fantásticas de Veep, Atlanta e Master of None, a competição dentro das categorias de comédia foi rígida. Com o final de Girls em abril, as meninas tinham a expectativa de retornar a premiação. Você pode falar o que quiser sobre Lena Dunham, porém a série teve candidatos dignos de inclusão, destaco episódios como Hostage Situation e American Bitch e a atuação marcante de Andrew Rannells.

Bates Motel (A&E, 2013-2017)

A série que terminou esse ano, realizou uma última temporada excelente e merecia algum reconhecimento. Nem a maravilhosa atuação de Vera Farmiga, diretamente do mundo dos mortos, sensibilizou a Academia.

The following two tabs change content below.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close