Bode na Sala
Filmes Notícias

Mulher-Maravilha | Filme é banido no Líbano

Mulher-Maravilha | Filme é banido no Líbano

Um grupo conseguiu banir Mulher-Maravilha dos cinemas do Líbano por conta da nacionalidade da protagonista Gal Gadot, que nasceu em Israel.

O grupo se chama “Campanha para Boicotar Apoiadores de Israel-Líbano” e citou a associação de Gadot com o exército israelense, que é obrigatório por dois anos, como a razão principal para banir o longa do país.

Em uma série de posts de Facebook, a campanha usa frases da atriz em uma entrevista em 2015 para revista Fashion, quando disse: “O exército não era tão difícil para ela. Os militares me deram um treino para Hollywood”.

Eles ainda condenam o apoio da atriz ao exército de Israel na controversa invasão a Gaza, onde ela escreveu em seu Facebook: “Mando meu amor e orações para os cidadãos de Israel, especialmente para todos os meninos e meninas que estão arriscando sua vida protegendo meu país contra os terríveis atos do Hamas, que estão se escondendo como covardes atrás de mulheres e crianças… Vamos superar!!! Shabbat Shalom!”.

O mesmo grupo tentou proibir Batman Vs Superman: A Origem da Justiça justamente por conta de Gadot.

The following two tabs change content below.
Jornalista, pretende seguir carreira como crítico de cinema. Gosta de dar opinião sobre tudo. Reside em Belém Novo, fim do mundo de Porto Alegre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close