Bode na Sala
Críticas Filmes

Notas de Amor | Crítica

Notas de Amor | Crítica

Nota de Amor crítica da série de Porto AlegreNotas de Amor – 1ª Temporada

Direção: Liliana Sulzbach

Roteiro: Carol Bensimon, Fabrício Carpinejar  e Liliana Sulzbach

Elenco: Carlos Busato, Elisa Brites, Maria Carolina Ribeiro, Márcia do Canto, Emílio Farias, Evandro Soldatelli, Isadora Pillar, Jorge Gelati, Miriã Possani, Pedro de Oliveira, Sofia Mazza

A minissérie gaúcha Notas de Amor chegou na Netflix no ano passado e se destaca por focar em relacionamentos que se encontram na cidade de Porto Alegre. Em parceria com os escritores Carol Bensimon e Fabrício Carpinejar, a diretora e roteirista Liliana Sulzbach conta diversas histórias de relacionamentos em Porto Alegre. A trama é inspirada no único LP lançado pelo grupo Saracura, que marcou época na música gaúcha nos anos 80. As referências à banda são bem colocadas e trazem nostalgia aos antigos fãs e a trilha sonora composta por músicas do respectivo trabalho é espetacular, ditando o ritmo da trama e dando características regionais ao que está sendo apresentado, sem ser bairrista.

São quatro episódios que focam em relacionamentos diversos, de pai e filha, ex-namorados, aluna e professor, casal passando por mudanças no relacionamento. O interessante é o cruzamento entre essas relações, que é feito de uma forma sutil e nada forçado, nos levando a crer que essas pessoas são realmente do mesmo ciclo social ou que pelo menos frequentam os mesmos lugares. A fotografia da minissérie é linda, mostrando paisagens características da capital gaúcha, desde prédios e parques da região central, até o pôr do sol refletido no Guaíba, no bairro Lami.

O ritmo dos episódios é agradável, mesmo que sejam curtos, não percebemos o tempo passar. O conteúdo é leve, mas nos faz refletir ao mesmo tempo, divertindo e agregando alguns questionamentos sobre as formas que nos relacionamos com as pessoas. O roteiro possui falhas e algumas coisas são jogadas em tela, sem muita explicação ou sentido, mas nada que atrapalhe a experiência.

As atuações são boas, Elisa Brites rouba a cena sempre que está presente, mostrando um enorme carisma. Certamente é o destaque entre os atores. Emílio Farias e Carlos Busato também estão atuando em alto nível, carismáticos e demonstrando a verdade contida em seus personagens. A única atuação que deixa a desejar é a de Isadora Pillar, que interpreta umas das protagonistas. Ela aparece em todos os episódios e até o respectivo que foca em sua história, a atuação não incomoda muito. Quando o foco é a personagem, a qualidade cai em comparação aos outros atores e a trama fica mais lenta e amarrada, faltando um pouco de emoção, que não é passada pela atriz.

São três ótimos episódios e um não tão bom assim, mas não atrapalha a trama de forma significativa. Notas de amor, como o título dá a entender, fala sobre vários tipos de amor. Sem utilizar de muitos clichês e focando em relacionamento diversos, as histórias convencem e emocionam, principalmente os moradores de Porto Alegre. Além de ser uma boa minissérie, é uma grande homenagem à capital dos gaúchos.

Nota: 7/10

 

The following two tabs change content below.
Estudante de Jornalismo, formado em Programação. Fanático por Cinema, começou a gostar mesmo da sétima arte depois de velho. Estuda por conta própria e pretende seguir “carreira” como Crítico de Cinema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *